Ibovespa vira e fecha em queda após Trump parar conversas sobre estímulos

Fim de negociação com democratas ofusca otimismo com reaproximação entre Rodrigo Maia e Paulo Guedes; IRB cai 17%

A bolsa brasileira fechou em queda nesta terça-feira, 6, após a equipe do presidente Donald Trump encerrar as conversas sobre um novo pacote trilionário com líderes democratas. A ordem ocorreu horas depois de o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, alertar sobre a necessidade de novos estímulos para que a economia americana siga se recuperando. Com isso, o Ibovespa, principal índice da B3, caiu 0,49% para 95.615,03 pontos. As perdas só não foram maiores devido ao otimismo com a reaproximação entre o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e o ministro da Economia, Paulo Guedes. Nos Estados Unidos, o índice S&P 500 caiu 1,40% e o Nadaq, 1,57%

Não vai ter estímulos

Por meio do Twitter, o presidente americano anunciou que mandou encerrar as negociações, que vinham sendo feitas entre seu secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, e a presidente da Câmara e democrata, Nancy Pelosi. Na publicação, Trump afirmou que as conversas serão interrompidas para até depois das eleições. “Imediatamente após eu vencer, passaremos um pacote de estímulos maior com foco em trabalhadores americanos e pequenas empresas”, afirmou Trump, em clima eleitoral.

“A gente sabe que tem um peso político em cima disso. Como ele está atrás das pesquisas eleitorais, acho que ele vai endurecer as negociações e usar questões com viés político. É algo extremamente preocupante para o mercado, mas ainda pode ser revertido”, afirma Gustavo Bertotti, economista da Messem.

Fed

Horas antes de Trump por fim às conversas sobre estímulos, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, havia alertado sobre a necessidade de novos incentivos fiscais para que a recuperação da economia americana tenha continuidade. A declaração, feita no encontro anual da Associação Nacional de Economia Empresarial (NABE, na sigla em inglês), já havia reduzido o bom humor dos mercados.

“O comentário do Powell acabou pressionando as bolsas ao citar que a recuperação será fraca sem a ajuda fiscal. Vejo isso como uma pressão sobre o parlamento. O tempo corre contra a recuperação econômica”, afirma Régis Chinchila, analista da Terra Investimentos.

Jantar da paz

A paz entre Maia Guedes foi selada em jantar organizado por senadores na noite de segunda-feira, 5. Após o encontro, o presidente da Câmara, que havia chamado o ministro de desequilibrado, pediu desculpas, admitindo que foi “indelicado e grosseiro” e reforçou o compromisso com as pautas econômicas do governo. “A agenda de reformas não pode parar, mesmo com a eleição municipal. O teto de gastos é a primeira das nossas urgências, porque com a regulamentação do teto de gastos, a gente resolve o programa social”, afirmou.

IRB

Depois subirem 60% em menos de três semanas, as ações do IRB despencaram 17,11%, após o ativo receber recomendação de venda do UBS, que determinou preço-alvo de 4,60 reais, que representa um potencial de desvalorização de 46,8%. Segundo analistas do banco, a visão negativa se deve à expectativa de que a empresa demore a recuperar seus lucros a nível de seus pares globais. “Sua atual falta de liquidez regulatória também pode impedir que o IRB cresça rapidamente no curto prazo”, afirmam.

“O papel vinha tentando retomar, mas ele ainda está muito sensível, com beta de risco muito alto. Então quando uma casa como o UBS retoma a cobertura com recomendação de venda e preço-alvo a 4,60 reais, ele sofre”, comenta Bertotti.

Aéreas

As ações da Azul dispararam 6,5% e figuram entre as maiores altas do Ibovespa, após a companhia informar que a taxa de ocupação em setembro foi de 80,7% em voos domésticos ante 82,1% no mesmo período do ano passado. Nos voos internacionais, a companhia também teve recuperação, passando de 72,7% em agosto para 74,6% em setembro, mas ainda segue distante dos 87,7% registrados em setembro de 2019. “Por mais que os dados mostrem uma tendência de melhora, ainda há muitas incertezas no setor, especialmente caso uma eventual segunda onda de covid-19 desencadeie novos isolamentos”, afirmam analista da Exame Research em relatório. Na esteira da recuperação da Azul, as ações da GOL subiram 7,31% e as da agência de turismo CVC, 9,34%

Sinqia

As ações da Sinqia subiram 2,89%, após a empresa anunciar a compra da TreeSolution por 13,3 milhões de reais. O valor da aquisição ainda pode ser acrescido em até 4,2 milhões de reais mediante o cumprimento de metas. “Com a nova aquisição, a Sinqia complementa seu portfólio e torna mais robusta sua atuação dentro do setor de software para o sistema financeiro no Brasil, com foco no segmento de câmbio, no qual já possui bastante expertise”, avalia Luis Sales, analista de empresa da Guide Investimentos, em relatório.

brMalls e Multiplan

A brMalls, que informou o mercado sobre o investimento de 9 milhões de reais na Delivery Center, de integração entre lojas físicas e virtuais, subiu 2,05%. Outra empresa de shopping centers, a Multiplan entrou com 18,6 milhões de reais na empresa e se valorizou 2,27% na bolsa. A Delivery Center possui 40 centrais de entregas em 17 cidades e oferece serviços a 3 mil lojistas. “O novo investimento, alavancado pela demanda deste serviço durante a presente necessidade de distanciamento social, possibilitará que a Delivery Center consolide sua presença nos centros urbanos já atendidos e acelere a expansão de suas unidades para novas cidades”, afirma a empresa em comunicado ao mercado. O investimento total na Delivery Center foi de 30 milhões.

Espera! Tem um presente especial para você.

Uma oferta exclusiva válida apenas nesta Black Friday.

Libere o acesso completo agora mesmo com desconto:

exame digital

R$ 15,90/mês

R$ 6,36/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

R$ 40,41/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.