Líderes Extraordinários

Quando David vira Golias

Descubra como tecnologia expande nossas capacidades e entenda como o poder da informação pode ajudá-lo a vencer gigantes

Ferramentas como o ChatGPT estão democratizando o acesso ao conhecimento jurídico. (Qi Yang/Getty Images)

Ferramentas como o ChatGPT estão democratizando o acesso ao conhecimento jurídico. (Qi Yang/Getty Images)

Zizo Papa
Zizo Papa

Colunista

Publicado em 3 de julho de 2024 às 10h30.

Recentemente, vivi uma experiência pessoal em Nova Iorque que materializa a era revolucionária que vivemos. Tudo começou quando me mudei temporariamente para a cidade a trabalho e aluguei um apartamento.

Como é comum nesses casos, deixei uma quantia significativa como garantia. No entanto, ao final do contrato, com o apartamento em perfeitas condições, me deparei com a recusa da gestora imobiliária em devolver a garantia. Eles empregaram uma série de justificativas evasivas e infundadas para reter o dinheiro.

Diante desse impasse, decidi não procurar um advogado imediatamente. Em vez disso, recorri ao ChatGPT para ajudar a formular respostas legais e estratégias para reivindicar meus direitos. A habilidade do ChatGPT em acessar, processar e aplicar informações legais específicas foi notavelmente eficaz. Sob a orientação da IA (Inteligência Artificial), elaborei argumentos robustos e fundamentados que desafiaram cada um dos pontos levantados pelo escritório dono do edifício.

A eficácia dessa abordagem tornou-se evidente muito rapidamente. Após uma troca intensa de e-mails, em que desmontei cada uma das suas tentativas de complicar a situação com a precisão das respostas geradas pela IA, a gestora não teve outra opção senão ceder. Consequentemente, emitiram um cheque pelo valor total da minha garantia.

Esta experiência reafirmou quão transformadora é a era atual ao equilibrar as relações de poder, especialmente contra grandes corporações que, muitas vezes, sobrepõem seus interesses aos direitos individuais. Ferramentas como o ChatGPT estão democratizando o acesso ao conhecimento jurídico, permitindo que pessoas comuns defendam seus direitos de forma eficaz e assertiva. No meu caso INTERNACIONALMENTE!

O episódio não foi apenas uma vitória pessoal, mas um exemplo marcante do poder da tecnologia em promover justiça e equidade. A habilidade da IA de intervir e resolver uma disputa em questão de dias destaca seu papel como uma ferramenta de empoderamento. Estamos entrando numa nova era, onde a tecnologia não apenas complementa, mas expande nossas capacidades, enfrentando desafios anteriormente intransponíveis e redefinindo o que é possível.

A experiência serve como um lembrete poderoso e inspirador de que, com o poder da informação ao nosso lado, podemos desafiar e vencer até mesmo os gigantes. Caso real de uma experiência que acabei de viver singular.

Acompanhe tudo sobre:branded-contentLíderes ExtraordináriosLiderança

Mais de Líderes Extraordinários

A inteligência artificial a serviço da jornada do paciente

Como se tornar um empresário comprando uma empresa

Apaixone-se pela incerteza: a estabilidade é desestabilizante, e a previsibilidade é uma ilusão

A governança para herdeiros

Mais na Exame