Líderes Extraordinários

Documentário explora a jornada heróica do mitologista Joseph Campbell

Confira os ensinamentos do documentário "Finding Joe" e descubra como a jornada espiritual que segue os ensinamentos do lendário Joseph Campbell pode inspirá-lo

"Finding Joe" nos mostra que a vida pode ser muito mais simples e prática. (jamesteohart/Getty Images)

"Finding Joe" nos mostra que a vida pode ser muito mais simples e prática. (jamesteohart/Getty Images)

Zizo Papa
Zizo Papa

Colunista

Publicado em 20 de junho de 2024 às 10h43.

Acabei de assistir ao documentário "Finding Joe", ou "Encontrando Joe". Ao final, senti como se tivesse encontrado a mim mesmo. O filme é uma jornada espiritual que segue os ensinamentos do lendário Joseph Campbell e sua valiosa teoria do "Monomito" ou "A Jornada do Herói".

Campbell ensina que dentro de cada um de nós há um chamado para a aventura, uma necessidade visceral de enfrentar nossos próprios dragões e descobrir a essência de quem somos. "Finding Joe" captura essa jornada com uma narrativa envolvente que me fez refletir sobre minha própria trajetória, especialmente durante os momentos mais desafiadores.

Ver "Finding Joe" foi como olhar para um espelho da alma. Cada história e cada testemunho no documentário revelaram que, apesar das dificuldades, cada um de nós está em seu próprio caminho heróico. Campbell fala sobre encontrar o "bliss" (aquilo que te move), e percebi que isso ressoa não apenas nas minhas grandes aventuras, mas, também, nas pequenas ações do dia a dia. Em cada atividade com meus filhos, com as pessoas que amo e com quem trabalho, busco mostrar que cada um de nós é o protagonista de sua própria história épica.

"Finding Joe" nos mostra que a vida pode ser muito mais simples e prática. Campbell sugere que não precisamos ir longe para encontrar nossos dragões ou nossos tesouros; muitas vezes, eles estão no nosso próprio quintal, nas rotinas que escolhemos e nos desafios internos que enfrentamos.

Joseph Campbell nos mostra que precisamos criar para nos encontrar. Cada escolha e cada desafio contribuem para um mosaico maior que está constantemente em formação.

Nesse espírito, devemos lembrar que nascemos com amor; o medo, sim, é o que aprendemos com o tempo. Mais importante ainda, a coragem não é a ausência de medo, mas o confronto direto com ele.

A coragem é como um músculo que precisa ser fortalecido. Ao enfrentarmos nossos medos consistentemente e irmos além, passo a passo, expandimos nossa zona de conforto.

Finalmente, quando paramos de lutar contra nós mesmos, acabamos com os nossos principais conflitos e nós abrimos para as infinitas possibilidades que a vida oferece. Em vez de lutar, estamos prontos para aceitar o que o destino nos reserva, encontrando nosso heroísmo todos os dias.

Acompanhe tudo sobre:Líderes ExtraordináriosLiderança

Mais de Líderes Extraordinários

Concierge e inteligência artificial: o futuro da hospitalidade

A inteligência artificial a serviço da jornada do paciente

Como se tornar um empresário comprando uma empresa

Apaixone-se pela incerteza: a estabilidade é desestabilizante, e a previsibilidade é uma ilusão

Mais na Exame