Minhas Finanças

Santander reduz juros do financiamento de imóveis para 6,99%

Cliente pode compor renda com mais de uma pessoa, mesmo sem ter parentesco

Banco reduziu taxa mínima cobrada em 1 ponto porcentual (Jakub Porzycki/Getty Images)

Banco reduziu taxa mínima cobrada em 1 ponto porcentual (Jakub Porzycki/Getty Images)

Marília Almeida

Marília Almeida

Publicado em 26 de junho de 2020 às 13h37.

O Santander Brasil reduziu a taxa de juros do crédito imobiliário dos atuais 7,99% para 6,99% ao ano + TR. As condições serão válidas para todos os novos contratos com parcelas atualizáveis (SAC) a partir desta sexta-feira (26) nas operações dentro e fora do âmbito do SFH (Sistema Financeiro de Habitação).

Para contratar o crédito imobiliário com a nova taxa, é necessário ser cliente pessoa física com relacionamento e optar pelo pagamento do financiamento em parcelas atualizáveis (SAC).

EXAME Research — 30 dias grátis da melhor análise de investimentos

Nestas condições, o banco financia até 80% da aquisição de imóveis novos e usados com valores a partir de R$ 90 mil, em até 35 anos ou 420 meses. O comprometimento com o financiamento deverá ficar em até 35% da renda (de acordo com a análise de crédito), que pode ser composta com mais de uma pessoa, mesmo sem ter parentesco.

Acompanhe tudo sobre:Bancosfinanciamento-de-imoveisguia-de-imoveisJurosSantander

Mais de Minhas Finanças

Veja o resultado da Mega-Sena, concurso 2726; prêmio é de R$ 30 mi

Devedores têm último fim de semana para aderir ao Desenrola Brasil

Para acelerar atendimento a benefícios sociais, Caixa abre 17 agências no RS no sábado e domingo

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 30 milhões neste sábado; veja como apostar

Mais na Exame