Nota Fiscal Paulista abre consulta a sorteio de R$ 1 milhão

Neste sorteio participam 8,4 milhões de consumidores que realizaram compras em março e pediram o CPF na nota em março
Para participar dos sorteios, o consumidor que pede a Nota Fiscal Paulista deve se cadastrar no site do programa e aderir ao regulamento. (Divulgação/Edson Lopes Jr/A2)
Para participar dos sorteios, o consumidor que pede a Nota Fiscal Paulista deve se cadastrar no site do programa e aderir ao regulamento. (Divulgação/Edson Lopes Jr/A2)
Por Karla MamonaPublicado em 02/07/2021 18:58 | Última atualização em 02/07/2021 18:58Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Os consumidores cadastrados na Nota Fiscal Paulista já podem consultar no site os bilhetes com que irão concorrer ao próximo sorteio. O 152º sorteio, no dia 15 de julho, distribuirá 6,7 milhões de reais. O prêmio principal é de 1 milhão de reais. A consulta pode ser feita no site do programa.

Para esta edição do sorteio, estão participando 8,37 milhões de consumidores cadastrados que realizaram compras em março e solicitaram notas fiscais com CPF ou CNPJs (no caso de condomínios). São ao todo 68.772.413 bilhetes eletrônicos.

Para transferir os recursos para uma conta-corrente ou poupança, basta acessar o site da Secretaria da Fazenda. Também é possível utilizar o aplicativo da Nota Fiscal Paulista pelo tablet ou smartphone, digitar o CPF/CNPJ e senha cadastrada e solicitar a opção desejada. Em ambas as opções os valores serão creditados na conta indicada em até 20 dias.

Os créditos da Nota Fiscal Paulista permanecem à disposição dos participantes por cinco anos a contar da liberação e podem ser utilizados a qualquer momento dentro desse período. O valor mínimo para transferência é de 0,99 real.  

Para participar dos sorteios, o consumidor que pede a Nota Fiscal Paulista deve se cadastrar no site do programa e aderir ao regulamento. As adesões até o dia 25 de cada mês permitem a participação no mês seguinte.

Uma vez feito o processo, a inclusão nos sorteios seguintes é automática. Cada 100 reais em compras dá direito a um bilhete eletrônico para concorrer.

A Nota Fiscal Paulista, criada em outubro de 2007, integra o Programa de Estímulo à Cidadania Fiscal do governo do estado de São Paulo e reduz a carga tributária individual dos cidadãos, que recebem créditos ao efetuar compras de mercadorias em São Paulo.

O sistema distribui até 30% do ICMS efetivamente recolhido pelos estabelecimentos comerciais aos consumidores que solicitam o documento fiscal e informam CPF ou CNPJ, proporcional ao valor da nota.