• AALR3 R$ 20,17 -0.15
  • AAPL34 R$ 67,72 1.41
  • ABCB4 R$ 16,85 0.96
  • ABEV3 R$ 13,99 -0.21
  • AERI3 R$ 3,79 4.12
  • AESB3 R$ 10,88 1.68
  • AGRO3 R$ 30,92 0.59
  • ALPA4 R$ 20,78 1.56
  • ALSO3 R$ 19,41 2.10
  • ALUP11 R$ 27,01 0.78
  • AMAR3 R$ 2,48 2.90
  • AMBP3 R$ 31,18 3.76
  • AMER3 R$ 23,87 1.70
  • AMZO34 R$ 64,26 -3.57
  • ANIM3 R$ 5,69 4.40
  • ARZZ3 R$ 80,20 -1.43
  • ASAI3 R$ 15,92 -0.25
  • AZUL4 R$ 21,80 3.32
  • B3SA3 R$ 12,16 1.00
  • BBAS3 R$ 38,24 3.35
  • AALR3 R$ 20,17 -0.15
  • AAPL34 R$ 67,72 1.41
  • ABCB4 R$ 16,85 0.96
  • ABEV3 R$ 13,99 -0.21
  • AERI3 R$ 3,79 4.12
  • AESB3 R$ 10,88 1.68
  • AGRO3 R$ 30,92 0.59
  • ALPA4 R$ 20,78 1.56
  • ALSO3 R$ 19,41 2.10
  • ALUP11 R$ 27,01 0.78
  • AMAR3 R$ 2,48 2.90
  • AMBP3 R$ 31,18 3.76
  • AMER3 R$ 23,87 1.70
  • AMZO34 R$ 64,26 -3.57
  • ANIM3 R$ 5,69 4.40
  • ARZZ3 R$ 80,20 -1.43
  • ASAI3 R$ 15,92 -0.25
  • AZUL4 R$ 21,80 3.32
  • B3SA3 R$ 12,16 1.00
  • BBAS3 R$ 38,24 3.35
Abra sua conta no BTG

Pandemia reduz valor de entregas e mais sites oferecem frete grátis

Segundo o comparador Reduza, de cada mil itens vendidos pelas lojas, 250 oferecem a opção
Em lojas como Centauro, Dafiti e Netshoes o número de produtos com frete grátis passa dos 60% (Reuters/Sergio Moraes)
Em lojas como Centauro, Dafiti e Netshoes o número de produtos com frete grátis passa dos 60% (Reuters/Sergio Moraes)
Por Marília AlmeidaPublicado em 20/05/2020 13:05 | Última atualização em 20/05/2020 13:47Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Na pandemia, o valor médio do frete para entregas do e-commerce caiu no mês de abril em relação ao primeiro trimestre. Nos três primeiros meses do ano a média era de 82 reais e agora o valor médio do frete para o mês de abril, mês auge do isolamento social, foi de 70,63 reais — uma queda de 13,86%.

É o que mostra um levantamento do comparador de fretes Reduza feito para a EXAME, que monitorou os valores de frete de mais de 120.000 buscas no site, para mais de 2.400 cidades diferentes, nos 26 estados e no Distrito Federal,

A pesquisa também aponta que mais lojas estão oferecendo frete grátis. Em média, 19,09% dos produtos nos meses de janeiro, fevereiro e março traziam opções com frete gratuito. Em abril esse número subiu para 25,06%. Ou seja, de cada 1.000 itens vendidos pelas lojas, 250 possuem a opção com frete grátis. O foco são as categorias esportivas e moda. Em lojas como Centauro, Dafiti e Netshoes o número é ainda maior e passa dos 60%.

Segundo a Reduza, o frete é um dos grandes vilões para o e-commerce, responsável por 70% do abandono de carrinho, como mostra o Estudo de Propensão ao Consumo da SAP de 2018, teve uma atenção especial nesse período.

Com as lojas fechadas e com as medidas de distanciamento social, milhares de novos consumidores aderiram às compras pela internet, nas mais diversas categorias, aproveitando as facilidades das compras online e promoções. O fenômeno se intensificou ainda mais às vésperas do Dia das Mães, fazendo com que o e-commerce tivesse um crescimento de 47% no mês de abril, segundo pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) em parceria com a Konduto.

O valor do frete pode representar até 40% do valor total de uma compra, e pode variar em até 400% de uma loja para outra. Daí a importância de comparar não apenas preço do produto mas também o valor total da compra, considerando formas de pagamento e principalmente o valor do frete para a região.

A Reduza compara preços, valor de frete e busca cupons e descontos de forma automática, prometendo reduzir preços em até 30%.

Veja Também

Enjoei desaba após compra da Gringa ser suspensa
Mercados
Há 3 horas • 2 min de leitura

Enjoei desaba após compra da Gringa ser suspensa