Minhas Finanças

Honda inicia recall do modelo Accord V6

Os 1.091 proprietários de todas as versões do veículo fabricadas entre dezembro de 2004 e junho de 2006 devem comparecer às concessionárias


	O Honda Accord: em alguns veículos, a mangueira de alimentação do sistema de direção hidráulica apresentou fissuras
 (Reprodução/Reprodução)

O Honda Accord: em alguns veículos, a mangueira de alimentação do sistema de direção hidráulica apresentou fissuras (Reprodução/Reprodução)

DR

Da Redação

Publicado em 6 de março de 2013 às 09h44.

Brasília – A Honda começa hoje (6) o recall dos automóveis modelo Accord V6 para substituição da mangueira da direção hidráulica do sedã. Os 1.091 proprietários de todas as versões do veículo fabricadas entre dezembro de 2004 e junho de 2006 devem comparecer às concessionárias.

Em alguns veículos, a mangueira de alimentação do sistema de direção hidráulica apresentou fissuras, que podem provocar o gotejamento do fluido sobre o escapamento. O vazamento resulta em fumaça na parte frontal externa do automóvel, podendo ser perceptível ao motorista.

Em nota, a Honda Automóveis do Brasil Ltda informou que algumas unidades do modelo podem apresentar o defeito, que “provoca risco, mesmo que remoto, de incêndio, podendo gerar danos físicos e materiais aos ocupantes e/ou terceiros”. A convocação aplica-se também aos veículos reparados ou não na campanha anterior, iniciada em outubro de 2012.

A Honda recomenda o agendamento do recall por meio do site honda.com.br/recall/autos ou pelo telefone 0800-701-3432, que atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Detalhes sobre a campanha também estão disponíveis no site do Ministério da Justiça .

Acompanhe tudo sobre:AutoindústriaCarrosEmpresasEmpresas japonesasHondaHonda AccordMontadorasRecallVeículos

Mais de Minhas Finanças

Abono salarial PIS/Pasep 2024: veja calendário de pagamento

Mega-Sena acumulada: quanto rendem R$ 53 milhões na poupança

Calendário de licenciamento de 2024: Detran-SP divulga datas para pagamento; veja

PIS 2024: quem trabalhou em 2023 tem direito ao abono salarial este ano?

Mais na Exame