Minhas Finanças

Guia da Black Friday 2017: Como encontrar os melhores preços

Para encontrar promoções de verdade, confira este guia com seleção de ofertas e dicas de como monitorar preços e se proteger de ciladas

Black Friday 2017: Escolha um site para monitorar preços e tome cuidado com sites falsos (OlgaOleNN/Thinkstock)

Black Friday 2017: Escolha um site para monitorar preços e tome cuidado com sites falsos (OlgaOleNN/Thinkstock)

Júlia Lewgoy

Júlia Lewgoy

Publicado em 24 de novembro de 2017 às 05h00.

Última atualização em 24 de novembro de 2017 às 10h50.

São Paulo –  Maior enxurrada de descontos do ano, a Black Friday acontece nesta sexta-feira (24) e algumas ofertas seguem até domingo (26). Para ajudar consumidores a encontrar promoções de verdade, o site EXAME preparou um guia com dicas de como monitorar os melhores preços e se proteger de ciladas.

Com uma lista em mãos de todos os produtos que gostaria de comprar e um limite de gastos em mente, compare preços entre as lojas e analise se o valor está realmente abaixo do seu histórico. Para isso, escolha um site desta lista para monitorar os menores preços.

Vários permitem cadastrar um alerta de preços e ser avisado quando o produto alcançar o valor desejado, além de acompanhar o histórico de preços para ter certeza que o desconto é real. A Blackfriday.com.br é a página oficial do evento e, nesta sexta (24), exibe de hora em hora um relatório com as dez melhores ofertas.

O comparador de preços Zoom disponibiliza uma equipe de especialistas para tirar dúvidas sobre os produtos. O site também acompanha a oscilação de preços em tempo real e identifica os melhores descontos com o selo Black Friday. A ferramenta também mostra a intensidade do tráfego nas lojas e sinaliza instabilidades.

O Reclame Aqui mostra um ranking das empresas mais reclamadas em tempo real e uma lista das lojas com os maiores descontos reais, segundo os consumidores. Outros sites, como o Méliuz, reúnem cupons de descontos e devolvem parte do dinheiro gasto nas compras.

Evite estes sites

O Procon-SP divulgou uma “lista suja”, com as lojas que devem ser evitadas pelo consumidor. No total, são 518 estabelecimentos. A lista foi atualizada no dia 10 de novembro.

Há reclamações diversas que ficam como alerta aos consumidores: desde fretes muito caros até atraso nas entregas, além de produtos danificados ou que divergem do anunciado.

Consumidores devem desconfiar de preços bons demais. Eles são o chamariz de sites falsos, quase iguais às páginas originais de marcas famosas. O site Reclame Aqui mostrou alguns desses sites falsos, que vendem eletrônicos pela metade do preço.

O Reclame Aqui aconselha que consumidores confiram o endereço do site. A página deve ser “www.nomedosite.com.br”, sem outros números ou palavras.

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) orienta verificar se o site dispõe de endereço físico, telefone e canais de contato direto com o consumidor, como chat, email e SAC.

Conheça seus direitos

Prefira pagar com cartão de crédito em vez de com boleto bancário. Assim, você poderá solicitar ao banco o estorno da transação, se tiver qualquer problema.

Para se precaver de problemas futuros, faça um print da página para do anúncio, como orienta Ione Amorim, economista do Idec.

Vale lembrar que o artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor assegura que todas as compras realizadas fora do estabelecimento físico podem ser canceladas no prazo de sete dias a partir da entrega do produto, mesmo que ele não apresente qualquer defeito.

Aproveite estas promoções

Se você se planejar, a Black Friday é um ótimo momento para comprar itens de alto valor com desconto, planejar uma viagem barata e até investir seu dinheiro com melhores condições. Também pode ser uma oportunidade para você trocar um empréstimo caro por outro mais barato.

Sites de viagens como Submarino, CVC, Hotel Urbano e Peixe Urbano oferecem descontos de até 70% em viagens. Entre as ofertas, o viajante encontra pacotes de viagens para o Nordeste, cruzeiros e resorts no Rio de Janeiro, São Paulo e Nordeste. Confira pacotes de viagem com até 70% de desconto.

Programas de fidelidade como Smiles, Multiplus, Tudo Azul, Livelo, Esfera e Sempre Presente dão bônus de até 80% para quem transferir pontos e comprar produtos. Veja as promoções dos programas de fidelidade.

Quem busca imóveis encontra descontos de até 40% ns portais de classificados Zap e VivaReal e na rede de imobiliárias Lello. As ofertas são válidas para imóveis para alugar e comprar. Veja as promoções de imóveis.

Invista seu dinheiro

A Black Friday também oferece vantagens para investidores. Corretoras dos bancos Santander, Caixa, Inter e Sofisa e corretoras independentes, como a Rico e a Órama, diminuíram os valores de investimento mínimo em aplicações financeiras como CDBs, LCIs e LCAs e fundos de investimento.

As instituições financeiras oferecem também oferecem descontos em taxas de carregamento cobradas em fundos de previdência e aumentaram a rentabilidade de títulos. Confira as promoções de corretoras para investir. 

Os bancos Santander, Bradesco e Banco do Brasil também oferecem descontos de até 80% em juros de empréstimos, tarifas de pacotes de serviços e anuidades de cartões. Eles também anunciaram o financiamento de até 100% do valor de carros. Veja os descontos oferecidos por bancos.

 

Acompanhe tudo sobre:Black FridayIdecLojasPreçosProconPromoçõesReclame Aqui

Mais de Minhas Finanças

Veja o resultado da Mega-Sena, concurso 2738; prêmio acumulado é de R$ 53 milhões

Quina de São João: Quanto rende o prêmio de R$ 220 milhões na poupança e outros investimentos

Abono salarial PIS/Pasep 2024: veja calendário de pagamento

Mega-Sena acumulada: quanto rendem R$ 53 milhões na poupança

Mais na Exame