Mercados

Yuan fecha em queda ante o dólar e atinge a mínima em 8 anos

Desvalorização da moeda chinesa vem em meio a um movimento de valorização da moeda dos EUA com a expectativa de juros mais altos no país

Notas de yuan e dólar: PBoC estabeleceu a taxa de paridade de hoje em 6,8796 yuans por dólar (Nelson Ching/Bloomberg)

Notas de yuan e dólar: PBoC estabeleceu a taxa de paridade de hoje em 6,8796 yuans por dólar (Nelson Ching/Bloomberg)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 18 de novembro de 2016 às 08h51.

Hong Kong - O yuan fechou em queda ante o dólar nesta sexta-feira, após o Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês) orientar a moeda para baixo por meio de uma taxa de referência diária que baliza os negócios no câmbio.

A moeda da China atingiu nova mínima em oito anos ante o dólar, em meio a um movimento de valorização da moeda dos EUA com a expectativa de juros mais altos no país.

No encerramento da sessão em Xangai, o dólar estava em 6,8912 yuans por dólar, de 6,8700 yuans por dólar no fim da quinta-feira. O yuan atingiu a mínima desde junho de 2008 nesta sexta-feira.

O PBoC estabeleceu a taxa de paridade de hoje em 6,8796 yuans por dólar, ante 6,8692 yuans por dólar na quinta-feira.

Pelas regras do BC chinês, o yuan pode variar até 2% diariamente, para cima ou para baixo, em relação à taxa de paridade. Fonte: Dow Jones Newswires.

Acompanhe tudo sobre:ChinaDólarIuane

Mais de Mercados

"Se Lula indicar nome pior que Galípolo para o BC, o mercado entrará em pânico", diz Marilia Fontes

Ibovespa sobe e fecha acima dos 121 mil pontos com ajuda de Petrobras (PETR4) e Itaú (ITUB4)

PMIs da zona do euro e dos EUA, repercussão de falas do Lula e Sabesp: o que move o mercado

Elon Musk vai receber bônus de R$ 305 bilhões como remuneração de acionistas da Tesla

Mais na Exame