Mercados

Rossi desaba na Bolsa após prejuízo de R$ 361 milhões

Em 2014, a companhia teve prejuízo líquido de 619,4 milhões de reais


	No ano, os papéis acumulam perdas de 10%
 (Divulgacao/EXAME.com)

No ano, os papéis acumulam perdas de 10% (Divulgacao/EXAME.com)

Karla Mamona

Karla Mamona

Publicado em 19 de março de 2015 às 11h15.

São Paulo - As ações ordinárias da Rossi registravam perdas de 12% na mínima do dia nesta quinta-feira. No ano, os papéis acumulam perdas de 10%.

A companhia divulgou ontem que teve prejuízo líquido de 361,4 milhões de reais no quarto trimestre do ano passado, ante lucro de 2,5 milhões de reais em 2013.

A receita receita líquida proveniente da venda de imóveis e serviços, totalizou 220,7 milhões de reais no trimestre, uma baixa de 57,7%, na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Em 2014, a companhia teve prejuízo líquido de 619,4 milhões de reais.

Para este ano, o presidente da companhia, Leonardo Nogueira Diniz, afirmou que o cenário será ainda mais desafiador.

“O que nos leva a manter o foco nos esforços para elevação do potencial de repasse e geração de caixa, dando continuidade à redução do endividamento. Continuaremos atentos às condições de mercado, e focados na venda do estoque com alta liquidez, e adequação da nossa estrutura e custos a esta nova realidade”, disse em comunicado enviado à imprensa. 

Acompanhe tudo sobre:B3bolsas-de-valoresConstrução civilEmpresasMercado financeiroRossi

Mais de Mercados

Para além da Nvidia: como o ChatGPT está mudando a dinâmica do mercado de ações, segundo a Gavekal

Bolsa abre no feriado? Veja o funcionamento da B3 no Corpus Christi em 2024

Ibovespa tem leve alta com Petrobras e interrompe sequência de perdas

Lucro industrial da China, minério de ferro, 1º discurso de Magda e Focus: o que move o mercado

Mais na Exame