Acompanhe:

Petrobras aprova uso de títulos públicos por minoritários em megaoferta de ações

Medida quer dar aos acionistas tratamento igualitário, diz empresa

Modo escuro

Continua após a publicidade
Petobras: minoritários poderão participar da megacapitalização também por títulos públicos (.)

Petobras: minoritários poderão participar da megacapitalização também por títulos públicos (.)

M
Mirela Portugal

Publicado em 29 de junho de 2010 às, 17h03.

São Paulo - O Conselho de Administração da Petrobras (PETR3);(PETR4) aprovou nesta terça-feira (29) o uso de títulos públicos na compra das ações a serem emitidas na megacapitalização da estatal, que foi recentemente reagendada para setembro. A decisão foi divulgada em comunicado ao mercado hoje, e segundo a empresa as regras e os títulos a serem aceitos no processo serão divulgados "oportunamente".

A iniciativa foi justificada como meio de dar a todos os acionistas tratamento equânime, uma vez que a União foi autorizada pelo Congresso a utilizar títulos para integralizar as ações durante a oferta. O governo detém 56% das ações da empresa com direito a voto e planeja comprar mais ações na capitalização utilizando títulos públicos. Como parte da transação, a Petrobras venderá de volta os títulos para o governo em troca de 5 bilhões de barris de reservas em águas profundas. O projeto deverá ser sancionado amanhã pelo presidente Luís Inácio Lula da Silva.

No mesmo comunicado, a empresa reiterou que não está sendo considerado nenhum plano alternativo para sua capitalização, ao contrário dos boatos sobre novas formas de integralização de ações pela União.

A capitalização da Petrobras visa financiar o plano de investimento da empresa, que prevê injeção de 224 bilhões de dólares de 2010 a 2014.

Leia o comunicado ao mercado divulgado nesta terça-feira:

 

Petrobras - Esclarecimentos sobre Integralização
http://d1.scribdassets.com/ScribdViewer.swf?document_id=33712440&access_key=key-9m9m0c4gytjl1y7dk92&page=1&viewMode=list

Últimas Notícias

Ver mais
GPA lança follow-on mirando de R$ 500 milhões a R$ 1 bi
Exame IN

GPA lança follow-on mirando de R$ 500 milhões a R$ 1 bi

Há 9 horas

Depois do primeiro ano com Extrafarma, Pague Menos acelera conversão de lojas e ganhos de sinergia
Exame IN

Depois do primeiro ano com Extrafarma, Pague Menos acelera conversão de lojas e ganhos de sinergia

Há 11 horas

Sob nova direção, The Body Shop tem futuro incerto
Exame IN

Sob nova direção, The Body Shop tem futuro incerto

Há 15 horas

Embraer (EMBR3) sobe 4% após superpedido da American Airlines
seloMercados

Embraer (EMBR3) sobe 4% após superpedido da American Airlines

Há 15 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais