Mercados

Para minoritários da Oi, laudo superavalia ativos da PT

Minoritários questionam o laudo apresentado à CVM que avalia a empresa em R$ 5,7 bilhões


	Loja da Oi no Rio: documento, feito pelo Santander Brasil, será usado no aumento de capital da companhia
 (Marcelo Correa / EXAME)

Loja da Oi no Rio: documento, feito pelo Santander Brasil, será usado no aumento de capital da companhia (Marcelo Correa / EXAME)

DR

Da Redação

Publicado em 27 de fevereiro de 2014 às 17h56.

Rio - Acionistas minoritários da Oi questionam o laudo de avaliação dos ativos da Portugal Telecom, apresentado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na última sexta-feira, que avalia a empresa em R$ 5,7 bilhões.

O documento, feito pelo Santander Brasil, será usado no aumento de capital da companhia. O processo faz parte da fusão das empresas, que resultará na criação da multinacional CorpCo.

Uma das acionistas, a Tempo Capital, informou “não se sentir confortável” com o laudo por entender que os ativos da PT estão superavaliados. Segundo fonte ouvida pelo Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado, minoritários avaliam que, com base no valor de mercado, os ativos da PT valeriam R$ 2 bilhões a menos do que o anunciado.

Acompanhe tudo sobre:3GAcionistasacionistas-minoritariosBrasil TelecomEmpresasEmpresas abertasEmpresas brasileirasEmpresas portuguesasOiOperadoras de celularPortugal TelecomServiçosTelecomunicaçõesTelemar

Mais de Mercados

B3 suspende negociação da Petrobras (PETR4) após divulgação de nova diretoria

Inflação baixou, mas Fed ficou mais conservador: o que aconteceu?

Petrobras (PETR4) paga dividendos extraordinários e regulares na próxima semana

"O corte de juros acabou e Copom unânime deve favorecer o câmbio", diz Ettore Marchetti, da EQI

Mais na Exame