Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

No radar: Produção da Vale, estreia da Blau e o que mais move o mercado

Bolsas ocidentais têm leves quedas, após sequência de recordes em Nova York; na China, Composto de Xangai sobe com apostas em empresas de carros elétricos

Modo escuro

Trem da Vale em Carajás, no Pará  |  Foto: Germano Lüders/Exame (Germano Lüders/Exame)

Trem da Vale em Carajás, no Pará | Foto: Germano Lüders/Exame (Germano Lüders/Exame)

G
Guilherme Guilherme

Publicado em 19 de abril de 2021 às, 07h02.

Última atualização em 19 de abril de 2021 às, 10h19.

As principais bolsas do mundo apresentam leves quedas na manhã desta segunda-feira, 19, com investidores mais cautelosos após a sequência de quatro semanas positivas e dois recordes de fechamento em Nova York.

A pandemia está mexendo com a economia e os negócios em todo o mundo. Venha aprender o que realmente importa na EXAME Invest Pro

A exceção é a Ásia, onde os mercados fecharam em alta nesta madrugada. No continente, o destaque ficou com a bolsa de Xangai, onde o principal índice de ações subiu 1,49%, com novas apostas em papéis do setor de carros elétricos do país.

Vale

No mercado local, as atenções começam a se voltar para a temporada de balanços do primeiro trimestre de 2021, que terá início no fim desta semana. Já nesta segunda, a Vale (VALE3) irá divulgar seu relatório de produção de minério de ferro referente ao período.

A expectativa é de que o ritmo siga acelerado pela forte demanda da China. Somente em março, a importação da commodity pelo país asiático cresceu 18,9% em relação a março do ano passado.

O aumento de exportação de minério de ferro para a China, por outro lado, tem elevado o volume de estoques para o maior em dois anos nos portos do país, indicando, para o futuro, algum arrefecimento do preço da commodity. Na bolsa de Dalian, a commodity começou a semana com o terceiro pregão consecutivo de alta , fechando acima dos 160 dólares a tonelada.

Blau

As ações da farmacêutica Blau (BLAU3) estreiam nesta segunda, após serem precificadas a 40,14 reais na oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês). O valor saiu abaixo da faixa indicativa de 44,60 reais e 50,60 reais, indicando demanda menor que a esperada. Na operação, a empresa levantou 1,26 bilhão de reais.

De acordo com o prospecto da oferta, a maior parte do dinheiro arrecadado (700 milhões de reais) será investido na nova planta da Blau em Recife. Os recursos obtidos também serão destinados a investimentos em centros de coletas de plasma nos Estados Unidos, ao pagamento do restante da aquisição da Pharma Limírio e ao pré-pagamentos de debêntures emitidas pela companhia. 

Linx

Uma das principais empresas de tecnologia da bolsa, a Linx (LINX3) irá divulgar (com atraso) seu balanço do quarto trimestre de 2020 após o encerramento do pregão desta segunda. No fim de março, a empresa informou o adiamento da divulgação para a “apuração, revisão e conciliação” de uma perda operacional “atípica” de 41 milhões de reais relacionada ao sistema Linx Pay.

IBC-BR

Sem grandes indicadores econômicos para serem divulgados nos Estados Unidos, as atenções estarão para a divulgação do índice de atividade econômica do Banco Central de fevereiro, o IBC-Br. 

A expectativa é de que o agravamento da pandemia no país tenha desacelerado a retomada econômica, com esperada alta mensal de 0,9% ante a expansão de 1,04% registrada em janeiro. Na comparação anual, a estimativa é de queda de 0,4%, segundo estimativas coletadas pela Bloomberg

Agenda da semana

Com um pregão a menos devido ao feriado de Tiradentes, na quarta-feira, 21, a semana marcará o início da temporada de balanços, com a divulgação dos resultados da Usiminas (USIM5) e Hapvida (HAPV3) na sexta-feira, 23. A janela de IPOs também seguirá aquecida. Após a estreia da Blau, a HospitalCare e GPS Participações devem precificar suas ofertas na quinta-feira, 22. As ações da GPS estão previstas para estrearem na sexta, enquanto as da HospitalCare, para a próxima segunda. 

Últimas Notícias

ver mais
Cosan anuncia emissão de debêntures de R$ 1,6 bilhão
seloMercados

Cosan anuncia emissão de debêntures de R$ 1,6 bilhão

Há 9 horas
Ouro fecha em alta após PMIs fracos, mas perspectivas de juros altos limitam ganhos
seloMercados

Ouro fecha em alta após PMIs fracos, mas perspectivas de juros altos limitam ganhos

Há 13 horas
IRB (IRBR3) lucra R$ 22,3 milhões em julho e ações saltam quase 6%
seloMercados

IRB (IRBR3) lucra R$ 22,3 milhões em julho e ações saltam quase 6%

Há 16 horas
Ibovespa fecha semana com queda de 2% ainda em cautela com EUA
seloMercados

Bolsa fecha semana com queda de 2% em cautela com EUA

Há 18 horas
icon

Branded contents

ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais