Acompanhe:

Banco corta recomendação de Rio Tinto e Anglo, e mantém Vale

Segundo o Morgan Stanley, as mineradoras poderão ter de mudar suas estratégias de produção diante do enfraquecimento da demanda da China.

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Morgan Stanley: a Rio Tinto foi rebaixada para "equalweight" (em média com o mercado), enquanto Anglo American e Fortescue foram cortadas para "underweight"
 (Ramin Talaie/Getty Images/AFP)

Morgan Stanley: a Rio Tinto foi rebaixada para "equalweight" (em média com o mercado), enquanto Anglo American e Fortescue foram cortadas para "underweight" (Ramin Talaie/Getty Images/AFP)

S
Sergio Caldas

Publicado em 18 de março de 2016 às, 12h17.

São Paulo - O Morgan Stanley cortou sua recomendação para a Rio Tinto, Anglo American e Fortescue Metals, todas grandes produtoras de minério de ferro, com o argumento de que as mineradoras poderão ter de mudar suas estratégias de produção diante do enfraquecimento da demanda da China.

A Rio Tinto foi rebaixada para "equalweight" (em média com o mercado), enquanto Anglo American e Fortescue foram cortadas para "underweight" (abaixo da média do mercado). A recomendação da Vale, por outro lado, ficou inalterada em "underweight", enquanto a da BHP Billiton permaneceu em "overweight" (acima da média do mercado).

Segundo o Morgan, Vale, Rio Tinto, BHP e Fortescue fizeram pesados investimentos recentes para ampliar a capacidade, mas a demanda da China por minério, que representa 72% do total, está começando a diminuir, uma vez que o governo do país vem cortando o excesso de capacidade de sua indústria siderúrgica.

No caso da Vale, a manutenção da recomendação "underweight" foi atribuída à expectativa de que a mineradora brasileira irá gerar fluxo de caixa negativo neste e no próximo ano, a menos que consiga obter financiamento para um projeto de logística em Moçambique e venda ativos. Com informações da Dow Jones Newswires.

Últimas Notícias

Ver mais
Maior do alumínio no país, Hydro prevê reduzir emissões em 30% após investir R$ 1,6 bi
seloInvest

Maior do alumínio no país, Hydro prevê reduzir emissões em 30% após investir R$ 1,6 bi

Há 4 horas

Boa Safra lança oferta de até R$ 400 milhões para financiar crescimento
Exame IN

Boa Safra lança oferta de até R$ 400 milhões para financiar crescimento

Há 2 dias

O plano de 100 dias da Sabesp para o pós-privatização
Exame IN

O plano de 100 dias da Sabesp para o pós-privatização

Há 3 dias

Startup desenvolve solução feita com resíduos para captar CO2 da mineração
ESG

Startup desenvolve solução feita com resíduos para captar CO2 da mineração

Há 3 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais