Mercados

Morgan Stanley prevê Raia Drogasil em carteira do Ibovespa

Os estrategistas também calculam que a nova composição do principal índice da Bovespa deve excluir os papéis da Gafisa e da Gol

Raia Drogasil (Ismar Ingber)

Raia Drogasil (Ismar Ingber)

DR

Da Redação

Publicado em 17 de julho de 2015 às 14h42.

São Paulo - O Morgan Stanley vislumbra a inclusão das ação da rede de farmácias Raia Drogasil e da Equatorial Energia na próxima carteira do Ibovespa, que passa a vigorar em setembro, conforme relatório a clientes.

Ao mesmo tempo, os estrategistas do Morgan Stanley calculam que a nova composição do principal índice da Bovespa deve excluir os papéis da incorporadora Gafisa, da companhia aérea Gol e da fabricante a painéis de madeira e louças sanitárias Duratex.

A atual carteira téorica do Ibovespa fica em vigor até 4 de setembro e, de acordo com a BM&Fbovespa, a primeira prévia será divulgada no primeiro pregão do último mês de vigência da carteira em vigor, possivelmente 3 de agosto.

Acompanhe tudo sobre:bancos-de-investimentoComércioEmpresasEmpresas abertasEmpresas americanasEmpresas brasileirasEquatorialHoldingsMorgan StanleyRD – Raia Drogasil

Mais de Mercados

Para além da Nvidia: como o ChatGPT está mudando a dinâmica do mercado de ações, segundo a Gavekal

Bolsa abre no feriado? Veja o funcionamento da B3 no Corpus Christi em 2024

Ibovespa tem leve alta com Petrobras e interrompe sequência de perdas

Lucro industrial da China, minério de ferro, 1º discurso de Magda e Focus: o que move o mercado

Mais na Exame