Acompanhe:

Moody's rebaixa ratings da Brasil Pharma de B3 para Caa1

A perspectiva também incorpora a falta de uma solução adequada para melhorar a liquidez e reduzir o montante de dívida de curto prazo

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Rebeixamento da Brasil Pharma: a perspectiva também incorpora a falta de uma solução adequada para melhorar a liquidez e reduzir o montante de dívida de curto prazo
 (Divulgação/Brasil Pharma)

Rebeixamento da Brasil Pharma: a perspectiva também incorpora a falta de uma solução adequada para melhorar a liquidez e reduzir o montante de dívida de curto prazo (Divulgação/Brasil Pharma)

G
Gabriela Korman

Publicado em 24 de setembro de 2015 às, 08h51.

São Paulo - A agência de classificação de risco Moody's rebaixou os ratings corporativos da Brasil Pharma de B3 para Caa1, em escala global, e de B1.br para B3.br, na escala nacional. A perspectiva dos ratings permanece negativa.

De acordo com a agência, o rebaixamento dos ratings corporativos da Brasil Pharma foi causado pela atual liquidez e estrutura de capital insustentáveis da empresa, combinada com um horizonte de tempo mais longo do que inicialmente antecipado para a sua recuperação operacional e a deterioração no ambiente macroeconômico do Brasil.

Segundo a Moody's, a perspectiva negativa reflete os desafios operacionais da Brasil Pharma e os riscos associados com a estrutura de capital insustentável da empresa.

"A perspectiva também incorpora a falta de uma solução adequada para melhorar a liquidez e reduzir o montante de dívida de curto prazo", informou a agência.

Últimas Notícias

Ver mais
Biomm vai trazer similar do Ozempic ao Brasil; ação dispara 38%
Exame IN

Biomm vai trazer similar do Ozempic ao Brasil; ação dispara 38%

Há um dia

Quem poderia levar os hospitais da Dasa? O Itaú BBA tem seu palpite
Exame IN

Quem poderia levar os hospitais da Dasa? O Itaú BBA tem seu palpite

Há um dia

Nubank aumenta aposta e aporta US$ 100 milhões na operação do México
Exame IN

Nubank aumenta aposta e aporta US$ 100 milhões na operação do México

Há 2 dias

CVC Capital Partners quer captar US$ 1,33 bilhão em IPO – se o Oriente Médio deixar
Exame IN

CVC Capital Partners quer captar US$ 1,33 bilhão em IPO – se o Oriente Médio deixar

Há 3 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais