Mercados

Marcopolo desaba na Bolsa após suspeita de propina

As ações da companhia registravam perdas de 10% na mínima do dia


	No ano, as ações acumulam perdas de 31%
 (Germano Lüders/EXAME)

No ano, as ações acumulam perdas de 31% (Germano Lüders/EXAME)

Karla Mamona

Karla Mamona

Publicado em 2 de abril de 2015 às 10h38.

São Paulo - As ações preferenciais da Marcopolo registravam perdas de 10%, na mínima desta quinta-feira. 

Uma reportagem publicada pelo “O Estado de São Paulo” afirma que a companhia é suspeita de pagar 1 milhão de reais de propina para ter julgado um processo no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) em que recorria de multa no valor de 200 milhões de reais.

De acordo com o jornal, e-mails interceptados pela Operação Zelotes, da Polícia Federal, revelam o suposto acerto.

"Os acórdãos em anexo (da empresa Marcopolo) foram 'negociados' com as pessoas daquele esquema que já conversamos... houve pagamento de 1 milhão de reais", escreveu um dos conselheiros investigados pela Zelotes, segundo a reportagem.

No ano, as ações acumulam perdas de 31%.

Acompanhe tudo sobre:B3bolsas-de-valoresEmpresasIbovespaMarcopoloMercado financeiro

Mais de Mercados

Vice-presidente do Fed diz que ainda há 'um caminho pela frente' na questão da inflação

Bolsas da Europa fecham em alta, com perspectivas para postura de BCs e commodities

Como chegou ao fim o sonho de Selic em um dígito neste ano

Ibovespa opera em alta de olho em cenário externo e em projeção da Selic em dois dígitos pelo BC

Mais na Exame