Investidores podem reservar ações de seis empresas nessa semana

Cremer, Banco Sofisa, Agra, Usiminas, Wilson Sons e CR2 colocarão seus papéis no mercado nos próximos dias
 (EXAME.com)
(EXAME.com)
D
Da RedaçãoPublicado em 09/07/2012 às 13:22.

São Paulo - Mais seis empresas preparam para os próximos dias suas ofertas públicas de ações: Cremer, Banco Sofisa, Agra, Usiminas, Wilson Sons e CR2. Dessas, somente a Usiminas já negocia ações na Bovespa e fará uma nova colocação de papéis. Nos demais casos, trata-se de IPO, sigla em inglês para oferta pública inicial de ações.

Os investidores têm os seguintes prazos para realizar suas reservas:
- CR2: até hoje, no final do dia
- Agra, Banco Sofisa e Wilson Son: até a próxima segunda-feira (23/4)
- Usiminas: até a próxima terça-feira (24/04)
- Cremer: até a próxima quarta-feira (25/4)

A CR2 Empreendimentos Imobiliários vai ofertar 15.378.750 ações ordinárias (ON), sendo que o valor dos papéis deve ser divulgado amanhã. A estimativa do Unibanco, coordenador da operação, é de que o preço fique entre 20 reais e 25 reais. As ações começam a ser negociadas na Bovespa na próxima segunda-feira.

A Agra, que também atua no setor imobiliário, vai ofertar 68.500.000 ações ordinárias, e a estimativa do banco Credit Suisse, coordenador da operação, é de que os papéis tenham seu preço fixado entre 7 reais e 10 reais. O valor será anunciado ao mercado na próxima terça-feira.

Já o Banco Sofisa optou por colocar no mercado ações preferenciais (PN). Serão emitidos 36.561.160 papéis, ao preço estimado entre 13 reais e 17 reais por ação. A divulgação o valor será realizada no dia 25.

A Cremer, que desenvolve produtos descartáveis para saúde, vai ofertar 29.020.348 ações ordinárias. A expectativa dos bancos Merrill Lynch e Credit Suisse, coordenadores da operação, é de que o preço dos papéis fique entre 15,50 reais e 19,50 reais. O valor de comercialização das ações, que chegam à Bovespa no dia 30 de abril, será conhecido no dia 26.

A Usiminas emitirá mais 16.399.269 ações ordinárias, que deverão começar a ser negociadas na bolsa no dia 27 de abril. A empresa contratou os bancos Merrill Lynch, Credit Suisse e BB Investimentos para coordenar a operação, sendo o valor das ações fixado no dia 25 de abril.

A Wilson Sons vai emitir no Brasil até 22.000.000 certificados de depósito de ações ordinárias (BDRs), que serão registrados na Bovespa. A operação fará parte da oferta global de ações da companhia, que ocorrerá nos Estados Unidos. Os bancos Credit Suisse e UBS, coordenadores da operação, estimam que os BDRs terão seu preço fixado entre 20,23 reais e 27,31 reais, considerando a PTAX (cotação média do dólar) do dia 9 de abril.