Acompanhe:

Ibovespa Futuro aponta queda na abertura do pregão desta sexta-feira

Bolsa brasileira segue a cena externa; investidores permanecem temerosos sobre a possibilidade de desaquecimento da economia global

Modo escuro

Continua após a publicidade
Bolsa (Ben Stansall/AFP)

Bolsa (Ben Stansall/AFP)

M
Marcel Salim

Publicado em 19 de agosto de 2011 às, 09h56.

São Paulo – O pregão brasileiro deve ter mais uma abertura negativa nesta sexta-feira, ainda influenciado pelas tensões que ocorrem na cena externa. Os investidores ao redor do mundo estão preocupados com a recuperação da economia dos Estados Unidos, que está perdendo vigor, e com a possibilidade da crise de dívida pública na Europa se alastrar.

O Ibovespa Futuro perdia há pouco 0,96% nos primeiros negócios, aos 53.380 pontos. Na quinta-feira, a bolsa brasileira fechou com baixa de 3,5%, aos 53.134 pontos. O índice brasileiro segue a tendência dos mercados internacionais. Há instantes, os contratos futuros do índice Dow Jones, o mais acompanhado em Wall Street, negociava em baixa de 1,3%. O S&P 500 recuava 1,3% e o Nasdaq 100 perdia 1,08%.

Na Europa, após as bolsas fecharem ontem com a maior queda em dois anos e meio, o pessimismo continua. Em Frankfurt, o DAX 30 recua 3,3%, Madri 2,16%, Paris 1,46% e Londres 1,79%. O índice Nikkei da Bolsa de Tóquio fechou com uma perda de 2,51%. Na Coreia do Sul, o Kospi 100 caiu 3,1%. Novamente o setor bancário é um dos mais castigados nas.

O JPMorgan reduziu hoje a sua estimativa para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA no quarto trimestre deste ano de 2,5% para 1,0% e a previsão para o primeiro trimestre de 2012 de 1,5% para 0,5%.

Segundo o banco, a queda nos preços da energia deverá ajudar a conter parte da fraqueza da economia e os níveis ainda baixos dos gastos que são sensíveis a fatores cíclicos podem reduzir as chances de um PIB trimestral negativo. No entanto, os riscos de uma recessão são claramente elevados.

Para piorar, o Citigroup cortou sua projeção para a expansão econômica americana de 1,7% para 1,6% em 2011, e de 2,7% para 2,1% em 2012. Já o Morgan Stanley diminuiu suas metas para os índices de ações da Indonésia e Cingapura.

Mais tensão

O Bank of America irá suprimir 3.500 postos de trabalho no atual trimestre e um grande plano de reestruturação do grupo prevê a eliminação de milhares de outros empregos, informou hoje a reportagem do Wall Street Journal.

Os 3.500 postos afetados estão espalhados por todo o território dos Estados Unidos e incluem divisões de bancos de investimentos e comerciais, segundo o jornal, que cita fontes ligadas ao tema.

Últimas Notícias

Ver mais
Carteira recomendada do BTG para março tira Vale (VALE3) e amplia exposição a setores mais cíclicos
seloOnde Investir

Carteira recomendada do BTG para março tira Vale (VALE3) e amplia exposição a setores mais cíclicos

Há 3 horas

Ibovespa fecha em alta com surpresa (positiva) do PIB de 2023
seloMercados

Ibovespa fecha em alta com surpresa (positiva) do PIB de 2023

Há 22 horas

PIB do Brasil, inflação na Zona do Euro e PMIs da China: 3 assuntos que movem o mercado
seloMercados

PIB do Brasil, inflação na Zona do Euro e PMIs da China: 3 assuntos que movem o mercado

Há um dia

Como receber dividendos ainda em março? Bradesco (BBDC3, BBDC4) e Vale (VALE3) estão na lista
seloMercados

Como receber dividendos ainda em março? Bradesco (BBDC3, BBDC4) e Vale (VALE3) estão na lista

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais