Mercados

Fitch vai declarar default temporário da Grécia

No entanto, a agência de classificação de risco deve assinar os novos ratings com baixo grau especulativo, uma vez que a troca de bônus for concluída

Mesmo com default temporário, Fitch deu ao país a chance de recuperar solvência e de dar suporte a seu rating (Jamie McDonald/Getty Images)

Mesmo com default temporário, Fitch deu ao país a chance de recuperar solvência e de dar suporte a seu rating (Jamie McDonald/Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 22 de julho de 2011 às 08h35.

São Paulo - A Fitch Ratings vai declarar a Grécia em default temporário de sua dívida, devido às medidas acertadas num novo pacote de resgate da zona do euro, mas deve assinar os novos ratings com baixo grau especulativo, uma vez que a troca de bônus for concluída, disse a agência de classificação de risco nesta sexta-feira.

A Fitch disse que a redução nas taxas de juros que a Grécia está pagando em suas dívidas e a extensão dos vencimentos deu ao país a chance de recuperar solvência e de dar suporte a seu rating.

"A Fitch assinará os novos ratings pós-default para a Grécia e para os novos instrumentos de dívida, uma vez que o evento default é resolvido com a emissão de novos papéis para detendores de bônus participantes", afirmou a agência.

"Os novos ratings provavelmente serão de baixo grau especulativo."

Acompanhe tudo sobre:Agências de ratingCrise gregaDívida públicaEmpresasEuropaFitchGréciaMercado financeiroPiigsRating

Mais de Mercados

Casino amarga prejuízo e queda nas vendas no 1º trimestre, após ter deixado controle do GPA

Volkswagen lança plano para aumentar vendas e ampliar participação no mercado da China até 2030

Na contramão do mercado, boutique de investimentos expande operações, chega à Bahia e mira exterior

Mais na Exame