Mercados

Farmacêuticas pesam e índice europeu de ações cai

LONDRES (Reuters) - As bolsas de valores europeias tiveram uma segunda-feira sem rumo definido, mas o principal índice recuou após seis sessões de alta pela fraqueza de ações do setor farmacêutico.   O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,13 por cento, aos 1.053 pontos. Na sexta-feira, o índice atingiu a máxima em seis semanas com investidores […]

EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 8 de março de 2010 às 15h22.

LONDRES (Reuters) - As bolsas de valores europeias tiveram uma segunda-feira sem rumo definido, mas o principal índice recuou após seis sessões de alta pela fraqueza de ações do setor farmacêutico.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,13 por cento, aos 1.053 pontos. Na sexta-feira, o índice atingiu a máxima em seis semanas com investidores otimistas sobre a recuperação econômica dos Estados Unidos após dados do mercado de trabalho melhores que o esperado.

O setor farmacêutico foi pressionado nesta sessão. A AstraZeneca cedeu 1,4 por cento depois que seu medicamento contra câncer Recentin não atingiu o resultado esperado em testes comparativos com o Avastin da Roche.

Já o setor petrolífero registrou alta, animado pelo aumento do preço do petróleo, que atingiu o nível máximo em oito semanas. BP, BG e ENI subiram entre 0,2 e 0,9 por cento.

As ações do Royal Dutch Shell subiram 0,6 por cento. A Shell e a PetroChina fizeram uma oferta conjunta de 3 bilhões de dólares pela australiana Arrow Energy.

Apesar da queda do índice FTSEurofirst, analistas disseram que investidores podem retomar a confiança a partir do alívio de temores sobre o problema fiscal na Grécia e por alguns sinais de recuperação econômica nos EUA.

"Parece que escalamos um muro de preocupação e temos um pouco de retorno do apetite ao risco. Não estamos mais tão incomodados sobre os problemas da Grécia e... os dados de postos de trabalho (dos EUA) foram bons", disse David Morrison, estrategista de mercado na GFT Global.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,12 por cento, a 5.606 pontos

Em FRANKFURT, o índice DAX teve variação negativa de 0,02 por cento, a 5.875 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 recuou 0,18 por cento, para 3.903 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib encerrou em alta de 0,54 por cento, a 22.398 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou valorização de 0,53 por cento, aos 11.078 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 caiu 0,6 por cento, para 7.917 pontos.

Acompanhe tudo sobre:Açõesbolsas-de-valoresEuropaIndicadores econômicos

Mais de Mercados

Ibovespa opera abaixo dos 118 mil pontos após piora das perspectivas macroeconômicas pelo BC

Reunião de Lula com Conselho Orçamentário, Boletim Focus e China: o que move o mercado

B3 suspende negociação da Petrobras (PETR4) após divulgação de nova diretoria

Inflação baixou, mas Fed ficou mais conservador: o que aconteceu?

Mais na Exame