Mercados

BM&F Bovespa espera forte retorno do IPOs no segundo semestre

Para Edemir Pinto, diretor-presidente da bolsa, a crise europeia já está precificada

"Temos entre 20 e 30 iniciativas na mesa", diz Edemir Pinto sobre novas estreiras na BM&F Bovespa  (.)

"Temos entre 20 e 30 iniciativas na mesa", diz Edemir Pinto sobre novas estreiras na BM&F Bovespa (.)

DR

Da Redação

Publicado em 2 de julho de 2010 às 13h55.

São Paulo - O segundo semestre do ano pode marcar o retorno dos IPOs (Ofertas Públicas Iniciais, na sigla em inglês) na BM&F Bovespa (BVMF3), disse o diretor-presidente da bolsa, Edemir Pinto. Durante o primeiro semestre, afetado pela crise europeia, apenas 7 empresas abriram o capital e outras 6 realizaram novas ofertas. "Frustrou a expectativa da bolsa e do mercado inteiro", afirmou durante a cerimônia de estreia das novas ações do Banco do Brasil (BBAS3).

Segundo o executivo, a crise europeia já está precificada e a oferta do BB, que movimentou quase 9 bilhões de reais, "mostra o apetite que o estrangeiro tem pelo mercado brasileiro".  "Teremos um segundo semestre melhor que o primeiro. Temos entre 20 e 30 iniciativas na mesa", destacou. Edemir reiterou também a intenção da bolsa de conquistar novas 200 companhias de pequeno e médio porte na bolsa nos próximos cinco anos. "O segmento Bovespa Mais é o nosso alvo", explicou.

Criado em 2005, o Bovespa Mais tem a proposta de atrair pequenas e médias empresas para a bolsa brasileira. Até agora, apenas os papéis da Nutriplant (NUTR3M), fabricante de micronutrientes, operam no ambiente. Apesar de poucas ofertas em 2010, o número já supera o desempenho visto em 2009, quando 6 empresas venderam ações pela primeira vez. Em 2008, foram realizadas apenas  A oferta do Banco do Brasil foi a maior realizada em 2010.
 

Acompanhe tudo sobre:AçõesB3BancosBB – Banco do Brasilbolsas-de-valoresEmpresasEmpresas abertasEmpresas brasileirasIPOsMercado financeiroservicos-financeiros

Mais de Mercados

Lucro da Nvidia cresce 628% e atinge US$ 14,88 bi no 1º trimestre fiscal de 2025

O país que superou os EUA em IPOs no 1º tri — e o que isso diz sobre o Brasil

Petrobras (PETR4) tem ações suspensas por publicação de fato relevante durante pregão

Dólar sobe em linha com juros de Treasuries à espera de ata do Fed

Mais na Exame