Mercados

Bitcoin cai abaixo de US$ 9 mil pela 1ª vez desde novembro

Desde que atingiu o pico de US$ 20 mil no fim de dezembro, o bitcoin já caiu 55%

Bitcoin; a queda se deve ao aumento das análises regulatórias e ameaças de banimento da parte da Coreia do Sul (Tomohiro Ohsumi/Bloomberg)

Bitcoin; a queda se deve ao aumento das análises regulatórias e ameaças de banimento da parte da Coreia do Sul (Tomohiro Ohsumi/Bloomberg)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 1 de fevereiro de 2018 às 15h50.

Nova York - O bitcoin caiu abaixo dos US$ 9 mil nesta quinta-feira pela primeira vez desde novembro de 2017, de acordo com a CoinDesk, principal consultoria de moedas digitais.

Desde que atingiu o pico de US$ 20 mil no fim de dezembro, o bitcoin já caiu 55%. A queda se deve ao aumento das análises regulatórias e ameaças de banimento da parte da Coreia do Sul.

O país representa cerca de 20% da movimentação de criptomoedas.

O bitcoin também foi atingido pela alta de outras moedas virtuais, com sua principal rival, ethereum, chegando a US$ 1 mil.

Fonte: Dow Jones Newswires.

Acompanhe tudo sobre:BitcoinCoreia do SulCriptomoedas

Mais de Mercados

B3 suspende negociação da Petrobras (PETR4) após divulgação de nova diretoria

Inflação baixou, mas Fed ficou mais conservador: o que aconteceu?

Petrobras (PETR4) paga dividendos extraordinários e regulares na próxima semana

"O corte de juros acabou e Copom unânime deve favorecer o câmbio", diz Ettore Marchetti, da EQI

Mais na Exame