Mercados

As 14 empresas na fila para vender ações na bolsa

BM&FBovespa tem melhor bimestre de ofertas e IPOs desde 2004; mercado espera recorde captação com ações para 2011

QGEP, braço explorador de petróleo da Queiroz Galvão, tem a maior oferta do período (Germano Lüders/EXAME)

QGEP, braço explorador de petróleo da Queiroz Galvão, tem a maior oferta do período (Germano Lüders/EXAME)

DR

Da Redação

Publicado em 26 de janeiro de 2011 às 10h08.

São Paulo - Não se viu um começo de ano tão generoso desde antes da crise financeira. O mercado de ações brasileiro já conquistou em 2011 o melhor bimestre em ofertas de ações desde 2004. Ao todo, quatorze companhias vão vender papéis na bolsa brasileira, entre IPOs (ofertas iniciais de ações, na sigla em inglês) e novas ofertas subsequentes de ações.

A superação do marco histórico vem após um ano de demanda reprimida e com um número desanimador de ofertas – apenas 22 empresas, incluindo iniciantes na bolsa de valores, emitiram ações ano passado. As aberturas de capital movimentaram apenas 10,5 bilhões de reais em 2010, contra 23,8 bilhões em 2009, segundo dados da BM&FBovespa. 

Fica para trás um ambiente difícil para emissões, reprimidas principalmente pela oferta massiva de ações da Petrobras, segundo vários analistas. Começa um ano sustentando pela liquidez global favorecendo países emergentes e ladeada pela estabilidade econômica no Brasil.  O cenário otimista abriu espaço para grandes companhias, como Arezzo, Tecnisa e IMC (Internacional Meal Company). A Queiroz Galvão Exploração e Produção, braço de petróleo e gás da empreiteira, pretende levantar até 3,2 bilhões de reais na bolsa, na maior oferta em andamento.

Em entrevista no dia 17 de janeiro, o presidente da BM&FBovespa SA, Edemir Pinto, disse que espera que o recorde de 55,6 bilhões de reais levantados em aberturas de capital, obtido em 2007 por 64 companhias e seus acionistas, seja batido em 2011. “Eu acredito que 2011 está aí, com a pista limpa para que esse mercado possa não só ganhar velocidade, como crescer dentro daquilo que a gente esperava para 2010”, disse Edemir. Conheça as companhias que estão na fila para vender ações:

- QGEP (3,2 bilhões de reais)

A Queiroz Galvão Exploração e Produção, braço de petróleo e gás da empreiteira, pretende levantar até R$ 2,7 bilhões na bolsa, a maior oferta em protocolada no começo de 2011. Os papéis emitidos no IPO devem estrear no dia 9 de fevereiro. Confira o cronograma da oferta:

table.tableizer-table {border: 1px solid #CCC; font-family: Arial, Helvetica, sans-serif; font-size: 12px;} .tableizer-table td {padding: 4px; margin: 3px; border: 1px solid #ccc;}
.tableizer-table th {background-color: #104E8B; color: #FFF; font-weight: bold;}

table.tableizer-table {border: 1px solid #CCC; font-family: Arial, Helvetica, sans-serif; font-size: 12px;} .tableizer-table td {padding: 4px; margin: 3px; border: 1px solid #ccc;}
.tableizer-table th {background-color: #104E8B; color: #FFF; font-weight: bold;}

table.tableizer-table {border: 1px solid #CCC; font-family: Arial, Helvetica, sans-serif; font-size: 12px;} .tableizer-table td {padding: 4px; margin: 3px; border: 1px solid #ccc;}
.tableizer-table th {background-color: #104E8B; color: #FFF; font-weight: bold;}

Data Evento
19/01/2011 Início do Roadshow
  Início do Procedimento de Bookbuilding
26/01/2011 Início do Período de Reserva
04/02/2011 Encerramento do Período de Reserva
07/02/2011 Encerramento do Roadshow
  Encerramento do Procedimento de Bookbuilding
09/03/2011 Início de Negociação das Ações
10/03/2011 Fim do prazo para opção de Lote Suplementar

- International Meal Company Holdings (valor ainda não divulgado)

A International Meal Company (IMC), holding dona dos restaurantes Viena e Frango Assado no Brasil, tenta pela segunda vez dar andamento à oferta inicial de ações: em fevereiro de 2010, a IMC cancelou sua oferta de ações na Bovespa, atribuindo a decisão às incertezas econômicas. A IMC possui uma rede de 214 restaurantes próprios no Brasil.  Confira o cronograma da oferta:

table.tableizer-table {border: 1px solid #CCC; font-family: Arial, Helvetica, sans-serif; font-size: 12px;} .tableizer-table td {padding: 4px; margin: 3px; border: 1px solid #ccc;}
.tableizer-table th {background-color: #104E8B; color: #FFF; font-weight: bold;}

Data Evento
17/02/2011 Início do Roadshow
  Início do Procedimento de Bookbuilding
24/02/2011 Início do Período de Reserva
01/03/2011 Encerramento do Período de Reserva
02/03/2011 Encerramento do Roadshow
  Encerramento do Procedimento de Bookbuilding
  Fixação do Preço por Ação
  Início do prazo para o exercício da Opção de Lote Suplementar
04/03/2011 Início de Negociação das Ações
01/04/2011 Fim do prazo para o exercício da Opção de Lote Suplementar

- Tecnisa (416 milhões)

Serão colocadas no mercado inicialmente 36 milhões de ações na nova oferta da companhia, que pretende utilizar os recursos para aquisição de terrenos, gastos com construção, amortização de dívidas com vencimento em 2011 e capital de giro.  A construtora pode arrecadar até 416 milhões de reais, levando em consideração a cotação de fechamento da quinta-feira (20). Confira o cronograma da oferta:

table.tableizer-table {border: 1px solid #CCC; font-family: Arial, Helvetica, sans-serif; font-size: 12px;} .tableizer-table td {padding: 4px; margin: 3px; border: 1px solid #ccc;}
.tableizer-table th {background-color: #104E8B; color: #FFF; font-weight: bold;}

Data Evento
20/01/2011 Início do Procedimento de Bookbuilding
27/01/2011 Início do Período de Reservas
31/01/2011 Encerramento do Período de Reservas
01/02/2011 Fixação do Preço por ação
  Início do Prazo para Exercício da Opção de Lote Suplementar
02/02/2011 Início das negociações na BM&F Bovespa
03/03/2011 Encerramento do Prazo para Opção de Lote Suplementar

- Desenvix Energias Renováveis (valor ainda não divulgado)

A companhia que opera com geração elétrica a partir de fontes renováveis pretende direcionar os recursos levantados pelo seu IPO para projetos de novas plantas energéticas até 2015. O acionista vendedor na oferta secundária é o Fundo de Investimento em Participações Desenvix, da Jackson Empreendimentos. A companhia ainda não divulgou o cronograma da oferta.


- Arezzo Indústria e Comércio (420 milhões de reais)

Uma das maiores fabricantes de calçados no Brasil. a empresa pode captar até 420 milhões de reais em sua oferta inicial de ações, conforme o valor máximo da faixa de preço sugerida para o papel, que varia entre 15 reais e 19 reais por ação. O preço será conhecido em 31 de janeiro. Confira o cronograma completo da oferta:

Data Evento
12/01/2011 Início do Procedimento de Roadshow
  Início do Procedimento de Bookbuilding
19/01/2011 Início do Período de Reserva
28/01/2011 Encerramento do Período de Reserva
31/01/2011 Encerramento do Procedimento de Bookbuilding
  Fixação do Preço por Ação
02/01/2011 Início da negociação das Ações

- Magnesita Refratários (405 milhões de reais)

 

A Magnesita já tem capital aberto, e deve vender 41,4 milhões de ações ordinárias numa oferta primária. Pelo fechamento desta quinta-feira (20), quando a ação foi cotada a 10 reais, a empresa pode captar até 405,7 milhões de reais. O valor captado será investido na expansão da produção de M-30 (sínter de alta qualidade) em 120 mil toneladas ao ano  até 2012. Recentemente, a companhia alterou o cronograma da oferta. Confira abaixo a versão atualizada

table.tableizer-table {border: 1px solid #CCC; font-family: Arial, Helvetica, sans-serif; font-size: 12px;} .tableizer-table td {padding: 4px; margin: 3px; border: 1px solid #ccc;}
.tableizer-table th {background-color: #104E8B; color: #FFF; font-weight: bold;}

Data Evento
19/01/2011 Início do Procedimento de Roadshow
  Início do Procedimento de Bookbuilding
02/02/2011 Início do Período de Reserva
10/02/2011 Encerramento do Período de Reserva
11/02/2011 Encerramento do Procedimento de Bookbuilding
  Fixação do Preço por Ação
15/02/2011 Início da negociação das Ações

- Autometal (991,7 milhões de reais)

A Autometal e seu acionista Cie Autometal SA, subsidiária da espanhola Cie Automotive SA, podem vender até R$ 991,7 milhões em seu IPO, cujas ações estreiam em 7 de fevereiro. As reservas vão de 27 de janeiro a 2 de fevereiro. Confira o cronograma completo da oferta:

Data Evento
19/01/2011 Início do Roadshow
  Início do Procedimento de Bookbuilding
27/01/2011 Início do Período de Reserva
02/02/2011 Encerramento do Período de Reserva
  Encerramento do Procedimento de Bookbuilding
03/02/2011 Fixação do Preço por Ação
07/02/2011 Início da negociação na BM&FBogvespa
04/03/2011 Fim do prazo para Opção de Ações Suplementares

- Sonae Sierra Brasil (até 777,7 milhões de reais)

A companhia, que tem como principais sócios a norte-americana Developers Diversified Realty e a portuguesa Sonae Sierra, planeja emitir 21.739.130 ações ordinárias em distribuição primária, conforme informações do prospecto. Confira o cronograma da oferta:

table.tableizer-table {border: 1px solid #CCC; font-family: Arial, Helvetica, sans-serif; font-size: 12px;} .tableizer-table td {padding: 4px; margin: 3px; border: 1px solid #ccc;}
.tableizer-table th {background-color: #104E8B; color: #FFF; font-weight: bold;}

table.tableizer-table {border: 1px solid #CCC; font-family: Arial, Helvetica, sans-serif; font-size: 12px;} .tableizer-table td {padding: 4px; margin: 3px; border: 1px solid #ccc;}
.tableizer-table th {background-color: #104E8B; color: #FFF; font-weight: bold;}

Data Eventos
17/01/2011 Início do Roadshow
  Início do Procedimento de Bookbuilding
24/01/2011 Início do Período de Reserva
31/01/2011 Encerramento do Período de Reserva
01/02/2011 Encerramento do Roadshow
  Encerramento do Procedimento de Bookbuilding
01/02/2011 Fixação do Preço por Ação
03/02/2011 Início de Negociação das Ações
04/03/2011 Início do prazo para Opção de Lote Suplementar

- Vulcabras Azaleia (dados ainda não divulgados)

A Vulcabras Azaleia preferiu esperar a divulgação do balanço de 2010 para então detalhar sua oferta. Donas das marcas Azaléia, Dijean, Olimpikus, Reebok e Opanka, a companhia vai emitir novas ações simultaneamente à sua entrada no Novo Mercado. A companhia não divulgou o cronograma da oferta. 

 - Companhia de Águas do Brasil - CAB Ambiental (dados ainda não divulgados)

A paranaense CAB Ambiental, empresa de saneamento ligada à Galvão Engenharia, registrou pedido de IPO no segmento Bovespa Mais. Segundo o prospecto preliminar, a CAB Ambiental vai destinar a maior parte dos recursos a serem captados para investimentos, parcerias público-privadas e aquisições. A companhia não divulgou o cronograma da oferta.

- Brasil Brokers Participações (até 200 milhões de reais) 

A nova oferta de ações do grupo de intermediação e consultoria imobiliária  prevê captação de até 200 milhões de reais e esforços de colocação no exterior. Segundo a companhia, o dinheiro deve ser revertido em novas  aquisições. A BR Brokers sempre teve as aquisições em seu DNA: a própria companhia nasceu da junção de 16 imobiliárias de diferentes portes e cidades. 

table.tableizer-table {border: 1px solid #CCC; font-family: Arial, Helvetica, sans-serif; font-size: 12px;} .tableizer-table td {padding: 4px; margin: 3px; border: 1px solid #ccc;}
.tableizer-table th {background-color: #104E8B; color: #FFF; font-weight: bold;}

Data Evento
26/01/2011 Início do Roadshow
  Início do Bookbuilding
27/01/2011 Início do Período de Reserva
02/02/2011 Encerramento do Período de Reserva
03/02/2011 Encerramento do Procedimento de Bookbuilding
  Fixação do Preço por Ação
07/02/2011 Início da negociação das Ações na BM&FBOVESPA
08/03/20011 Fim do prazo para Opção de Ações Suplementares

- Direcional Engenharia (até 640 milhões de reais)

A construtora pretende captar 640 milhões de reais em ações, simultaneamente a sua entrada no Novo Mercado. O montante considera a colocação de todos os papéis e lotes extras previstos na operação, pelo preço de fechamento das ações da companhia no pregão da quinta-feira (20), quando valiam 13,39 reais. A oferta tem como coordenador líder o Itaú BBA, que atua em parceria com os bancos Santander, BTG Pactual e Bank of America Merrill Lynch.

table.tableizer-table {border: 1px solid #CCC; font-family: Arial, Helvetica, sans-serif; font-size: 12px;} .tableizer-table td {padding: 4px; margin: 3px; border: 1px solid #ccc;}
.tableizer-table th {background-color: #104E8B; color: #FFF; font-weight: bold;}

Data Evento
21/01/2011 Início do Roadshow
  Início do Bookbuilding
28/01/2011 Início do Período de Reserva
07/02/2011 Encerramento do Período de Reserva
08/02/2011 Encerramento do Procedimento de Bookbuilding
  Fixação do Preço por Ação
10/02/2011 Início da negociação das Ações na BM&FBOVESPA
09/03/20011 Fim do prazo para Opção de Ações Suplementares

- Rede Energia (até 806,6 milhões)

Segundo prospecto preliminar, a nova oferta de ações da companhia será destinada à  melhoria da estrutura de capital da empresa. O cronograma da oferta ainda não foi divulgado, mas o preço por ação ficou definido em 6,02 reais. A Rede Energia se apresenta como um dos maiores grupos empresariais do setor elétrico no País, com faturamento anual de cerca de R$ 7,6 bilhões. 

- Inepar (15,8 milhões)

A companhia paranaense pretende emitir 10.081 ações ordinárias e 2.926.760 ações preferenciais, e pode captar até 15.858, levando em consideração a cotação de fechamento da quinta-feira (20), quando o papel foi negociado a 5,40 reias . A empresa de equipamentos de infra-estrutura e exploração de energia não divulgou calendário da oferta ou destinação dos recursos. 
 
Acompanhe tudo sobre:AçõesInvestimentos de empresasIPOsMercado financeiroOfertas de ações

Mais de Mercados

Ibovespa opera em alta e tenta sustentar os 121 mil pontos com ajuda de Petrobras (PETR4)

PMIs da zona do euro e dos EUA, repercussão de falas do Lula e Sabesp: o que move o mercado

Elon Musk vai receber bônus de R$ 305 bilhões como remuneração de acionistas da Tesla

Temores sobre interferência no BC são exagerados e dólar deve cair, diz Gavekal Research

Mais na Exame