Acompanhe:

Abercrombie & Fitch surpreende o mercado e papéis sobem 12%

Os papéis da companhia chegaram a subir mais de 12%

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Ações da Abercrombie & Fitch subiam mais de 12% nesta quarta-feira
 (Reporudção/Facebook)

Ações da Abercrombie & Fitch subiam mais de 12% nesta quarta-feira (Reporudção/Facebook)

L
Letícia Toledo

Publicado em 26 de agosto de 2015 às, 15h56.

São Paulo - Os papéis da Abercrombie & Fitch subiam mais de 12% nesta quarta-feira após a companhia divulgar seus resultados do segundo trimestre deste ano. As ações da companhia eram cotadas a 19,77 dólares na bolsa de Nova York (NYSE).

Os números da empresa caíram menos do que o esperado no trimestre, o que já foi suficiente para animar investidores. A receita caiu de 890 para 817 milhões de dólares. Analistas esperavam um valor de 811 milhões de dólares.

O declínio da venda em mesmas lojas também mostrou sinais melhores. As vendas nestas lojas caíram 4% durante o trimestre, em comparação com os 8% de perda do primeiro trimestre.

Mesmo assim, a volta por cima da Abercrombie ainda parece difícil, dizem os analistas, e no ano os papéis da empresa já desvalorizaram mais de 58,6%. “A empresa ainda está muito longe na indústria do fast-fashion”, afirma o presidente da empresa de consultoria de varejo Conlumino.

A tentativa

Durante muito tempo a Abercrombie & Fitch foi sinônimo de camisetas polos com grandes logotipos da marca para cativar adolescentes. Mas, de uns anos pra cá, as vendas caíram e a marca foi criticada por não se adequar para agradar os novos adolescentes. 

No ano passado Jonathan Ramsden, presidente da companhia, concordou em separar o estilo das marcas da empresa. Assim, a Abercrombie seria uma marca mais premium, enquanto a Hollister se tornariam uma marca fast-fashion para concorrer com empresas como a famosa Forever 21.

Últimas Notícias

Ver mais
Além de óculos e relógios: Chilli Beans abre o leque e aposta em bebidas e caixas de som
Casual

Além de óculos e relógios: Chilli Beans abre o leque e aposta em bebidas e caixas de som

Há um dia

Investidores millennials e da geração Z preferem criptomoedas a ações, mostra pesquisa
Future of Money

Investidores millennials e da geração Z preferem criptomoedas a ações, mostra pesquisa

Há 2 dias

Ibovespa cai à mínima do ano com EUA e Petrobras; dólar atinge máxima de R$ 5,12
seloMercados

Ibovespa cai à mínima do ano com EUA e Petrobras; dólar atinge máxima de R$ 5,12

Há 2 dias

Suspensão na Petrobras, balanços de bancos dos EUA e Starbucks: os assuntos que movem o mercado
seloMercados

Suspensão na Petrobras, balanços de bancos dos EUA e Starbucks: os assuntos que movem o mercado

Há 3 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais