Preço do bitcoin e do ether têm correção, mas tendência de alta se mantém

Duas maiores criptomoedas do mercado enfrentam correção, mas não afeta otimismo no médio e longo prazo; confira a análise técnica e a perspectiva para as duas criptomoedas

por Lucas Costa*

O bitcoin e o mercado de criptomoedas iniciaram um forte movimento de alta no mês de julho, retomando a capitalização total de 2,3 trilhões de dólares, que não era alcançada desde a forte queda vivenciada em maio deste ano, motivada pelas duras críticas de Elon Musk em relação as fontes energéticas utilizadas no processo de mineração do bitcoin e, pela interrupção do uso do bitcoin como forma de pagamento na plataforma da Tesla nos EUA.

Entretanto, na última semana, o movimento de alta no mercado de criptoativos se deparou com um grande sell-off durante o primeiro dia de uso do bitcoin como moeda de curso legal em El Salvador, fazendo com que o criptoativo tivesse uma queda de quase 20% em seu preço em poucas horas, reduzindo uma grande parte da alta vivenciada nas últimas semanas e aumentando a incerteza de muitos investidores em relação ao futuro do mercado de criptomoedas. Confira a análise de Lucas Costa, analista técnico do BTG Pactual Digital sobre o atual momento dos dois principais criptoativos do mercado.

Bitcoin

O bitcoin encerrou a última semana com uma queda de quase 12%, que foi acelerada por conta da liquidação de grandes posições compradas após a adoção do criptoativo por El Salvador. Mesmo com a queda, a tendência segue de alta e o cenário continua otimista enquanto o preço se mantém estável entre os US$43.000 e US$46.000 nos últimos 5 dias.

No gráfico diário, observamos uma lateralização no preço, que se mantém próximo a média móvel de 200 períodos (linha rosa), que atua como uma importante região de briga entre comprados e vendidos. É importante ressaltar que os preços costumam se movimentar em pernadas de expansão e correção, portanto, podemos estar em uma fase de realização e ajuste das posições compradas, principalmente se levarmos em consideração a forte alta das últimas semanas.

A determinação das próximas resistências (regiões em que o preço pode enfrentar dificuldades de rompimento) pode ser realizada com a ferramenta de mensuração das retrações de Fibonacci (proporções de correção em relação a um movimento de referência), sendo assim, a pernada de queda entre 14/04 (US$64.900) e 22/06 (US$28.800) é um movimento importante a ser observado (seta laranja). Nesse caso, as retrações que são resistências importantes se encontram em US$51.110,00 (61,8%) e US$56.380,00 (76,4%).

No momento, a pressão compradora continua atuando na criptomoeda, entretanto, de acordo com o que foi pontuado no texto anterior, é importante lembrar que as oscilações de preço do bitcoin tendem a ser maiores do que nos investimentos tradicionais.  A análise técnica se baseia na premissa de que a tendência é válida até ser revertida e um movimento de alta é formado por topos e fundos ascendentes, sendo assim, enquanto o último fundo (US$42.000) não for rompido, a tendência se mantém.

 

Ethereum (ETH/BTC)

Na última semana, o ether caiu aproximadamente 2,45% em relação ao bitcoin, sendo negociado a 0,07228BTC. O segundo maior criptoativo do mundo passou por uma correção de seu movimento de alta na última semana, o que é considerável como saudável para novas altas. O indicador de média móvel de 21 períodos apresenta uma inclinação ascendente, e atuou como suporte, o que sugere uma retomada da força compradora. No gráfico diário, seguimos acompanhando uma figura de pivô de alta para um novo movimento de impulsão. Utilizamos a figura citada para projetar alvos baseado em Fibonacci (objetivos de preço para os próximos dias baseados no movimento anterior), com projeção de 100% em 0,08112BTC, e a projeção de 161,8% em 0,09116. O topo anterior em 0,08205BTC também é uma importante resistência.

*Lucas Costa é mestre em administração e economista pela Universidade Federal de Juiz de Fora, atuou como pesquisador acadêmico e professor nas temáticas de blockchain, criptomoedas e comportamento de consumo, sendo um dos fundadores do grupo de pesquisa Blockchain UFJF. Foi operador de câmbio em mesa proprietária com foco em análise técnica, e trader pessoa física em mercado futuro. Atualmente, é analista técnico CNPI do BTG Pactual Digital, e apresenta a sala ao vivo de análises de maior audiência do Brasil.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também