Brasil

Chuvas deixam quatro mortos e mais de dois mil desalojados no Norte Fluminense

Segundo a Defesa Civil, corpo da última vítima desaparecida foi encontrado neste sábado por equipes do Corpo de Bombeiros. Carapebus e Conceição de Macabu estão em situação de emergência

Segundo as prefeituras de Conceição de Macabu e de Carapebus, cerca de 8 mil pessoas foram afetadas pelas enchentes e deslizamentos em cada uma das cidades (Prefeitura de Carapebus/Divulgação)

Segundo as prefeituras de Conceição de Macabu e de Carapebus, cerca de 8 mil pessoas foram afetadas pelas enchentes e deslizamentos em cada uma das cidades (Prefeitura de Carapebus/Divulgação)

AO

Agência O Globo

Publicado em 4 de dezembro de 2022 às 15h08.

O corpo de uma mulher que estava desaparecida desde a última quarta-feira, em decorrência das fortes chuvas no Norte Fluminense, foi encontrado por equipes do Corpo de Bombeiros neste sábado, em Carapebus. Ao todo, são quatro vítimas das chuvas na região, sendo uma delas na cidade de Conceição de Macabu e outras três em Carapebus.

Os dois municípios decretaram situação de emergência na última sexta-feira. Segundo as prefeituras, cerca de 8 mil pessoas foram afetadas pelas enchentes e deslizamentos em cada uma das cidades.

Em Carapebus, 1.600 moradores estão desalojados, e 20 estão desabrigados. Duas mulheres e um homem morreram no município. Segundo a prefeitura, dentre as vítimas estão mãe e filha, identificadas como Nilza Ana da Silva Barcelos e Rosane Cristiana da Silva Barcelos, que foram levadas pela correnteza, e um homem, identificado como Wilson Fernandes dos Santos, que foi atingido por um raio e não resistiu.

Na cidade vizinha, em Conceição de Macabu, são 457 pessoas desalojadas e 5 desabrigadas. Ao todo, 8 mil moradores foram afetados pelas chuvas da última semana. O município tem uma morte registrada. Soemia Santana de Souza Tavares, de 62 anos, morreu após ficar soterrada, no bairro Bocaina. Segundo a prefeitura, sua filha também foi atingida e segue internada em estado grave no Hospital Público Municipal de Macaé.

Na noite de sábado, o Governo do Estado do Rio de Janeiro informou ter enviado equipes das secretarias de Defesa Civil, Governo e Desenvolvimento Social e Direitos Humanos para as duas cidades. Por meio das redes sociais, o governador Cláudio Castro informou a realização de ações emergenciais para atender os municípios. Em nota, o Governo do Estado informou que auxilia moradores afetados a realizar o cadastro para receber o Aluguel Social e o Cartão Recomeçar, além de dispor maquinário e profissionais de diversas áreas atuando nas cidades.

“Estamos dando toda a estrutura do Governo, nossos secretários estiveram nas cidades para ver de perto a situação e definir o plano de emergência. Estamos com maquinários, bombeiros e profissionais de diversas secretarias, desde quinta-feira, intensificando os trabalhos para que a situação seja normalizada o mais rápido possível”, disse Castro.

LEIA TAMBÉM:

Chuvas no Paraná: cerca de 7 mil m³ de terra já foram retirados da BR-376

Chuvas obrigam mais de 8,6 mil a deixarem suas casas em todo o país

Acompanhe tudo sobre:Chuvas

Mais de Brasil

Anvisa proíbe uso e comercialização de produtos à base de fenol

Nunes tem 28,5% e Boulos, 25,9%; Marçal sobe 5 pontos e empata com Tabata e Datena, diz Paraná

Passageiros causaram ao menos duas confusões por dia em voos, em 2023; Anac propõe punição

Passaporte de graça: veja quem não paga a taxa para tirar o documento

Mais na Exame