Acompanhe:

Visa, Mastercard e PayPal veem oportunidades no mundo cripto, diz pesquisa

Segundo a MoffetNathanson, as empresas de pagamento estão expandindo seus serviços e continuam investindo na indústria de criptoativos

Modo escuro

Continua após a publicidade
Cada empresa se concentra em um serviço diferente envolvendo os criptoativos (Denes Farkas/Thinkstock)

Cada empresa se concentra em um serviço diferente envolvendo os criptoativos (Denes Farkas/Thinkstock)

C
Coindesk

Publicado em 16 de dezembro de 2021 às, 11h34.

Os gigantes dos serviços de pagamento Visa, Mastercard e PayPal não veem o crescimento da indústria cripto como uma ameaça, e todos continuarão a investir em todo o ecossistema, segundo um relatório da MoffettNathanson, empresa novaiorquina de pesquisa, na última quarta-feira, 15.

A nota de pesquisa ressalta a crescente aceitação das criptomoedas entre as empresas de serviços de pagamento mais antigas e destaca seus esforços para se adaptar a um ambiente em constante mudança. As três empresas palestraram no evento de criptomoedas e blockchain da MoffettNathanson no início deste mês.

A Visa vê a relevância dos criptoativos se estendendo além dos pagamentos, e a si mesma como uma solução de segunda camada que pode operar no topo da rede blockchain como a empresa faz com as redes baseadas em moedas fiduciárias. A Visa também espera um forte crescimento de volume de transações nos próximos dois anos, geradas por parcerias com carteiras de criptomoedas, afirmou o vice-presidente sênior da empresa e o diretor global de fintech, Terry Angelos, para a MoffettNathanson.

A Mastercard está se beneficiando com fluxos de saída em corretoras e carteiras de criptomoedas, e vê os criptoativos como uma oportunidade para construir novos produtos, afirmou Raj Dhamodharan, vice-presidente executivo de blockchain e produtos de ativos digitais da companhia. A empresa também tem como objetivo se tornar uma plataforma para fluxos de entrada do mercado de NFTs e adicionar criptomoedas à sua rede multi-trilhos, como moedas nativas para liquidação.

Enquanto isso, o PayPal está investindo em iniciativas relacionadas à educação na esperança de alcançar um público mais amplo. A empresa também está trabalhando na abertura de sua plataforma para permitir a interação com redes DeFi e que seus usuários transfiram criptomoedas para dentro e para fora de sua carteira digital com segurança, disse Edwin Aoki, da área de tecnologia da empresa e CTO de blockchain, criptoativos e moedas digitais.

Texto traduzido por Mariana Maria Silva e republicado com autorização da Coindesk

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok

Últimas Notícias

Ver mais
Donos de token do Coritiba recebem mais de R$ 1 milhão por venda de jogador Dodô
Future of Money

Donos de token do Coritiba recebem mais de R$ 1 milhão por venda de jogador Dodô

Há 15 horas

Muitos vão desejar ter entrado no Drex assim como no início do bitcoin, diz executivo da Elo
Future of Money

Muitos vão desejar ter entrado no Drex assim como no início do bitcoin, diz executivo da Elo

Há 17 horas

Empresas de criptomoedas somam R$ 450 bilhões em investimentos desde 2017
Future of Money

Empresas de criptomoedas somam R$ 450 bilhões em investimentos desde 2017

Há 17 horas

Concurso da Caixa: banco exige conhecimentos em bitcoin, blockchain e Drex
Future of Money

Concurso da Caixa: banco exige conhecimentos em bitcoin, blockchain e Drex

Há 18 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais