Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

Um usuário pagou nesta semana a maior taxa em dólares já registrada para realizar uma transferência de bitcoins para outra carteira digital. A operação envolveu o pagamento de uma taxa de 85,2 unidades da criptomoeda equivalentes a um total de US$ 3,1 milhões (R$ 15 milhões, na cotação atual).

Apesar de ser a oitava maior taxa já paga em termos de bitcoin, o valor é o maior em dólares, refletindo também uma valorização da criptomoeda em relação à moeda norte-americana. Especialistas e investidores do mundo cripto especulam que o valor acabou sendo pago erroneamente.

Dados registrados na rede blockchain da criptomoeda indicam que a operação envolveu o envio de 139,4 unidades do ativo, equivalentes a cerca de US$ 5,2 milhões. Entretanto, o endereço que recebeu a transferência acabou tendo um saldo de pouco mais de US$ 2 milhões, devido à taxa.

A responsável por validar a transição e receber a taxa paga foi a AntPool, uma rede de mineradores do bitcoin controlada pela empresa Bitmain. Até o momento, a rede não publicou nenhum comunicado com um posicionamento sobre o caso, mas no passado mineradores já devolveram taxas pagas por engano.

  • Aproveite todas as possibilidades do mundo crypto. A Mynt ajuda você a explorar o melhor do mercado com segurança e diversidade de criptomoedas. Clique aqui para abrir sua conta.

Taxa para transferir bitcoins

O funcionamento da rede do bitcoin envolve o pagamento de uma taxa padrão para realizar qualquer movimentação no blockchain. Cada transferência entra em uma fila de validação, cujo processo é conhecido como mineração. Atualmente, os mineradores também recebem uma recompensa de 6,25 unidades do ativo para cada validação.

Entretanto, usuários podem acelerar o processo e "furar" a fila a partir do pagamento de uma taxa maior, que efetivamente é a recompensa obtida pelo minerador ao processar a movimentação. Apesar da prática resultar em taxas maiores, o valor pago nesta semana é atípico.

Mas essa não é primeira vez que um usuário paga acidentalmente uma taxa de transação recorde para transferir bitcoins. Em setembro deste ano, a Paxos pagou acidentalmente uma taxa de transação de US$ 500 mil para movimentar US$ 2 mil na criptomoeda. Nesse caso, o minerador que verificou a transação devolveu o valor.

Considerando apenas o valor pago em bitcoins, a maior taxa já registrada na rede foi de 291 unidades do ativo, paga em 2016. Naquele ano, porém, o preço da criptomoeda em relação ao dólar era significativamente menor, o que resultou em um valor menor considerando a moeda norte-americana.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
O metaverso está morto? Após hype em 2022, o que falta para tecnologia engrenar - ou desaparecer?

Future of Money

O metaverso está morto? Após hype em 2022, o que falta para tecnologia engrenar - ou desaparecer?

Há 7 horas

'Hackers silenciosos atacam você por anos e você nem nota', diz analista

Future of Money

'Hackers silenciosos atacam você por anos e você nem nota', diz analista

Há 11 horas

Bitcoin dispara e preço supera US$ 50 mil pela 1ª vez desde 2021

Future of Money

Bitcoin dispara e preço supera US$ 50 mil pela 1ª vez desde 2021

Há 23 horas

RWA: como os ativos do mundo real vão transformar o mercado financeiro e a sociedade

Future of Money

RWA: como os ativos do mundo real vão transformar o mercado financeiro e a sociedade

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

A regulamentação de cigarros eletrônicos pode trazer mais segurança para o consumidor?

A regulamentação de cigarros eletrônicos pode trazer mais segurança para o consumidor?

Escritórios Verdes, da JBS, regularizam 8 mil fazendas
EXAME Agro

Escritórios Verdes, da JBS, regularizam 8 mil fazendas

“Deixei o mundo corporativo para empreender com a Herbalife”

“Deixei o mundo corporativo para empreender com a Herbalife”

Loja pop-up da Lacoste em Trancoso conecta a marca com o verão brasileiro

Loja pop-up da Lacoste em Trancoso conecta a marca com o verão brasileiro

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais