Acompanhe:

Dinheiro em espécie, e não criptomoedas, continua sendo o método preferido para lavagem de dinheiro por criminosos e organizações, de acordo com um relatório detalhado de avaliação de riscos do Departamento do Tesouro dos Estados Unidos.

Três relatórios separados, abordando lavagem de dinheiro, financiamento ao terrorismo e financiamento à proliferação, desvendam o cenário atual em que organizações criminosas adquirem, lavam e movimentam fundos local e internacionalmente.

Uma conclusão principal é que criminosos e organizações criminosas transnacionais continuam a usar dinheiro em espécie. O Tesouro destaca o anonimato, a estabilidade e a ubiquidade do dinheiro como meio de pagamento como razão principal pela qual ele permanece como método preferido para lavar rendimentos ilícitos.

  • O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Enquanto isso, o relatório destaca que o uso de ativos virtuais permanece bem abaixo do uso da moeda fiduciária para lavagem de dinheiro:

"Criminosos usam estratégias de lavagem de dinheiro baseadas em dinheiro em grande parte porque o dinheiro oferece anonimato. Eles comumente usam a moeda dos EUA devido à sua ampla aceitação e estabilidade."

O relatório destaca que o contrabando de grandes quantidades de dinheiro envolvendo o transporte de notas de dólar dos EUA permanece um método popular para lavar rendimentos ilícitos dentro e fora do país. O dinheiro é tipicamente transportado através de fronteiras e depositado em contas bancárias estrangeiras.

O Tesouro observa que 1.480 apreensões de moeda e instrumentos monetários foram realizadas em movimentos de fundos de entrada totalizando US$ 18 milhões. Enquanto isso, houve 1.010 apreensões de moeda e instrumentos monetários de saída totalizando aproximadamente US$ 53 milhões em 2023.

O escritório de operações de campo da Alfândega e Proteção de Fronteiras dos EUA é responsável pela triagem de estrangeiros, cidadãos dos EUA e carga importada em mais de 300 portos de entrada. Dinheiro ligado à atividade criminal doméstica também é amplamente transportado em rodovias dos EUA. Enquanto isso, agências de aplicação da lei dos EUA relatam um uso crescente de aeronaves privadas para contrabandear grandes quantidades de dinheiro:

"O uso de aeronaves é um método mais rápido para mover moeda dentro, através e para fora dos Estados Unidos por longas distâncias do que carregar dinheiro em um veículo ou amarrá-lo a um pedestre."

O relatório observa que aeronaves registradas nos EUA têm menos probabilidade de serem inspecionadas por agências de aplicação da lei, enquanto pequenos aeroportos ao longo da fronteira com o México normalmente carecem de presença de segurança, o que possibilita o contrabando de dinheiro por via aérea.

Embora o Tesouro reconheça que o uso de ativos virtuais para lavagem de dinheiro está bem abaixo do uso de moeda fiduciária e outros métodos convencionais, as criptomoedas ainda estão sendo mal utilizadas em casos envolvendo ransomware, golpes, tráfico de drogas, tráfico humano e outras atividades ilícitas.

A seção sobre ativos virtuais presta atenção especial às obrigações de Prevenção à Lavagem de Dinheiro (PLD) e falhas de conformidade de exchanges de criptomoedas e provedores de serviços. Afirma que empresas que não mantêm controles de PLD e obrigações de sanções podem facilitar o uso nefasto de suas plataformas por criminosos.

O relatório especificamente referencia o acordo de alto perfil de US$ 4.3 bilhões envolvendo a Binance.US e autoridades dos EUA no final de 2023 como um exemplo principal de falhas de conformidade levando ao abuso de exchanges para lavagem de dinheiro.

Protocolos de finanças descentralizadas (DeFi) também são rotulados como um meio emergente de transferir e lavar rendimentos ilícitos. Serviços de mistura de criptomoedas são outra via que criminosos usam para mover fundos e obstruir funcionalmente a fonte, destino ou quantidade envolvida em uma transação.

O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok  

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Worldcoin: criptomoeda de dono do ChatGPT dispara 100% com interesse em IA
Future of Money

Worldcoin: criptomoeda de dono do ChatGPT dispara 100% com interesse em IA

Há 4 horas

Com bitcoin em US$ 52 mil, outra criptomoeda se destaca por alta de mais de 25%
Future of Money

Com bitcoin em US$ 52 mil, outra criptomoeda se destaca por alta de mais de 25%

Há 4 horas

Ether pode ser próximo "queridinho" dos investidores institucionais, diz gestora de R$ 3 trilhões
Future of Money

Ether pode ser próximo "queridinho" dos investidores institucionais, diz gestora de R$ 3 trilhões

Há 5 horas

Criptomoedas avançam entre os investimentos mais procurados do Brasil
Future of Money

Criptomoedas avançam entre os investimentos mais procurados do Brasil

Há 7 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais