Future of Money

Gucci vai lançar coleção de NFTs criados com uso de inteligência artificial

Marca de luxo anunciou parceria com a casa de leilões Christie's para o lançamento do projeto, que contará com 21 trabalhos

Gucci anunciou lançamento de nova coleção de NFTs (Getty Images/Reprodução)

Gucci anunciou lançamento de nova coleção de NFTs (Getty Images/Reprodução)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 14 de julho de 2023 às 11h27.

A Gucci, uma das maiores marcas de luxo do mundo, anunciou nesta sexta-feira, 14, uma parceria com a casa de leilões Christie's para o lançamento de uma coleção de tokens não-fungíveis (NFTs, na sigla em inglês) criados com uso de inteligência artificial. Ao todo, são 21 peças que serão disponibilizadas em um leilão que começa no dia 18 de julho.

De acordo com a Christie's, uma casa de leilões em operação há 256 anos, a coleção foi intitulada "Future Frequencies: Explorations in Generative Art and Fashion" (Frequências do Futuro: Explorações em Arte e Moda Generativas, em tradução livre). O leilão encerra no dia 25 de julho, com os maiores lances saindo vitoriosos.

A coleção foi desenvolvida por artistas como Claire Silve e Emily Xie, conhecidas por trabalharem com inteligência artificial, e também por Botto, um robô que trabalha com inteligência artificial generativa e é supervisionado por um coletivo de investidores e que já vendeu obras milionárias.

O projeto se inspira em texturas e paletas de cores da Gucci, em especial da sua coleção de bolsas Bamboo 1947, uma das famosas da marca. Com uso de algoritmos e inteligência artificial, a coleção busca "expandir a criatividade através de uma intersecção entre arte, moda e tecnologia", segundo as empresas.

  • Aproveite todas as possibilidades do mundo crypto. A Mynt ajuda você a explorar o melhor do mercado com segurança e diversidade de criptomoedas. Clique aqui para abrir sua conta.

Relação com a Web3

Em entrevista ao site CoinDesk, o gerente de vendas de arte digital da Christie's, Sebastian Sanchez, disse que a o objetivo do leilão é "mostra a intersecção" entre arte, moeda e as novas tecnologias Web3."Existem tantos artistas generativos que estão trabalhando com estudos sobre tecidos, roupas, padrões, e então você tem pessoas realmente fazendo roupas 3D literais, e o que estamos apresentando está em todos os lugares entre esses espaços", explicou o executivo.

Ele destacou ainda que "a marca Gucci tem tanto poder, e eles têm seu próprio público e um histórico comprovado de que seu público provavelmente é muito diferente do nosso. Para mim, é aí que reside a beleza de nossa colaboração - a Christie's é uma especialista em arte e a Gucci é uma especialista em moda, e a coleção está no meio disso".

A Christie's é uma das casas de leilões mais envolvidas com o mundo da Web3. Em 2021, ela realizou uma venda histórica de US$ 69 milhões de um único NFT criado pelo artista Beeple. Desde então, ela realizou outros leilões ligados à área. A Gucci também já tem projetos ligados à Web3, incluindo uma parceria com o metaverso The Sandbox.

yt thumbnail

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Acompanhe tudo sobre:NFTsGucci

Mais de Future of Money

Empresa planeja venda de ações para comprar US$ 500 milhões em bitcoin

União de cripto com IA pode ser megatendência de US$ 20 trilhões, diz relatório

Mineradoras de bitcoin disparam após Trump prometer apoiar o setor nos EUA

Bitcoin vai continuar caindo? Saiba como o cenário macro dos EUA impacta a criptomoeda

Mais na Exame