Festival carioca vai comercializar NFTs em parceria com artista renomado

Com a assinatura de René Machado, o TIM Music Noites Cariocas vai oferecer 400 NFTs durante os oito dias de festival, que contará com shows de IZA, Ney Matogrosso e AnaVitória
Ney Matogrosso será uma das atrações do TIM Music Noites Cariocas (Getty Images/Getty Images)
Ney Matogrosso será uma das atrações do TIM Music Noites Cariocas (Getty Images/Getty Images)
Por Mariana Maria SilvaPublicado em 15/03/2022 16:48 | Última atualização em 18/03/2022 09:52Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Os tokens não fungíveis (NFTs) estão chegando para os embalos das noites cariocas em um projeto inédito. Com o objetivo de unir a arte, a música e a tecnologia, uma parceria pretende utilizar o blockchain para emitir 400 NFTs, que serão comercializados durante os oito dias do Festival Tim Music Noites Cariocas e assinados pelo artista René Machado.

O projeto, que recebeu o nome de “Arte nas Noites”, será realizado pela Digitiva, uma empresa brasileira especializada em criptoativos, e pelos organizadores do festival, que agita a cena cultural do Rio de Janeiro desde os anos 1980, e receberá, nesta edição, artistas como IZA, Diogo Nogueira, Ney Matogrosso e AnaVitória.

(Mynt/Divulgação)

Em cada uma das oito noites do evento, o artista plástico René Machado, importante nome da arte contemporânea, selecionará a obra temática que vai protagonizar os 50 NFTs disponibilizados pelo projeto para venda. O artista, que é marido da atriz Ingrid Guimarães, ainda pretende homenagear o ator Paulo Gustavo, seu amigo pessoal que faleceu em 2021 mediante a complicações causadas pela covid-19.

Obra de René Machado em homenagem ao ator Paulo Gustavo (René Machado/Divulgação)

“Quando a ideia dos NFTs criados especialmente para o festival chegou até a mim, imediatamente me apaixonei pelo conceito. É mais um marco para o evento, que sempre teve em seu DNA a quebra de fronteiras desde sua criação pelo genial Nelson Motta”, afirmou Luiz Calainho, responsável pelo TIM Music Noites Cariocas, ao lado de Alexandre Accioly. “A parceria com o festival cria novas possibilidades e caminhos disruptivos envolvendo música, arte contemporânea e tecnologia de ponta”, completa Calainho.

Cada token vai custar R$ 1 mil e poderá ser comprado tanto no evento, quanto online pelo site oficial do projeto. Além do NFT, os compradores ainda irão receber um certificado físico em seu nome atestando a autenticidade da compra.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok