Acompanhe:

Bitcoin ensaia recuperação após estreia volátil em El Salvador

A moeda virtual chegou a cair 17% na sessão anterior antes de reduzir parte das perdas

Modo escuro

Continua após a publicidade
 (NurPhoto/Getty Images)

(NurPhoto/Getty Images)

B
Bloomberg

Publicado em 8 de setembro de 2021 às, 13h19.

Última atualização em 8 de setembro de 2021 às, 14h44.

O mercado de criptoativos tenta se recuperar nesta quarta-feira, 8, depois de despencar em meio ao lançamento da lei sobre bitcoin em El Salvador.

A moeda virtual chegou a cair 17% na terça-feira, antes de reduzir parte das perdas na manhã desta quarta. A onda vendedora também atingiu tokens como ether e dogecoin, bem como o índice Bloomberg Galaxy Crypto.

“As plataformas de redes sociais se mostraram muito cautelosas durante o fim de semana de que uma queda poderia ocorrer após o grande dia de El Salvador”, disse em relatório Edward Moya, analista de mercado sênior da Oanda. Alguns investidores provavelmente compraram em antecipação à implementação da lei do bitcoin pelo país em 7 de setembro e então passaram a “vender o fato”, afirmou.

O experimento de El Salvador com o bitcoin — o maior teste de utilidade da criptomoeda no mundo real — teve um início difícil devido a falhas técnicas na carteira digital oficial, que foram resolvidas posteriormente. O presidente de El Salvador, Nayib Bukele, disse no Twitter que o país agora possui 550 bitcoins depois de comprar mais unidades do ativo digital quando o preço caiu.

A onda vendedora de terça-feira é a interrupção mais significativa do recente movimento de alta que levou o bitcoin a subir quase 75% desde julho. O mercado de criptomoedas encolheu cerca de 300 bilhões de dólares nas últimas 24 horas, de acordo com o rastreador CoinGecko.

Cerca de 3,7 bilhões de dólares em liquidações de criptomoedas foram registradas no mesmo período, de acordo com a Bybt.com. Isso acontece quando posições alavancadas são fechadas por bolsas por não atenderem aos requisitos de margem ou garantia.

O bilionário Mike Novogratz, CEO da Galaxy Digital Holdings e há muito tempo investidor de criptomoedas, disse que o mercado de moedas digitais subiu muito nas últimas oito semanas e estava sobrecomprado. O interesse de investidores de varejo disparou na esteira de grandes instituições que apostaram no mercado de moedas digitais, disse.

Moya, da Oanda, destaca que os “fundamentos do bitcoin permanecem intactos à medida que os preços se ajustam a uma nova faixa de negociação entre os níveis de 46.000 e 53.000 dólares”.

Embora o lançamento de El Salvador possa ter sido a causa das oscilações no preço do bitcoin, outras variáveis também podem estar em jogo no volátil setor de criptomoedas. Em particular, a perspectiva de redução do estímulo do Federal Reserve (Fed) à economia norte-americana.

“Também pode ser que os beneficiários da liquidez — que podem incluir criptomoedas — possam estar sentindo um quadro de política futura mais normalizada por parte dos principais bancos centrais”, disse em relatório Chris Weston, chefe de pesquisa da Pepperstone Financial.

Ações na Ásia vinculadas a criptomoedas, como do Monex Group, do Japão, e Woori Technology Investment, da Coreia do Sul, recuaram. Empresas dos Estados Unidos como Riot Blockchain, Marathon Digital Holdings, Coinbase Global e MicroStrategy também registraram perdas.

Últimas Notícias

Ver mais
Trump anuncia NFTs colecionáveis de si mesmo
Criptoativos

Trump anuncia NFTs colecionáveis de si mesmo

Há um ano

Criptomoedas: o que muda com a regulamentação das moedas virtuais aprovada pelo Congresso
Criptoativos

Criptomoedas: o que muda com a regulamentação das moedas virtuais aprovada pelo Congresso

Há um ano

Estado de Nova York proíbe 'mineração' de criptomoedas; entenda
Criptoativos

Estado de Nova York proíbe 'mineração' de criptomoedas; entenda

Há um ano

Mineradores de Bitcoin serão desligados da rede em caso de crise energética, diz União Europeia
Criptoativos

Mineradores de Bitcoin serão desligados da rede em caso de crise energética, diz União Europeia

Há um ano

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais