Acompanhe:

Jack Dorsey, fundador e ex-CEO do Twitter, concluiu na terça-feira, 28, um investimento de US$ 6,2 milhões (R$ 30 milhões, na cotação atual) no Ocean, uma rede de mineradores de bitcoin com funcionamento descentralizado, apostando no futuro de um projeto que quer apresentar um jeito diferente de distribuir valores minerados.

A captação de investimento foi anunciada pela Mummolin, Inc, responsável pela criação do Ocean. Dorsey foi quem liderou a rodada, que ocorreu na modalidade seed, um tipo de aporte mais inicial voltado para ajudar no desenvolvimento e implementação de um projeto.

De acordo com os responsáveis pelo Ocean, o projeto buscará ajuda mineradores de bitcoin a "reconquistar a sua autonomia" e poder decisório, que teria sido perdida em operações de mineração mais complexas. Para isso, ele usará um sistema transparente e não-permissionado para distribuir recompensas.

  • Para você que adora ler notícias de crypto, a Mynt é o aplicativo ideal para você. Invista e aprenda sobre crypto ao mesmo tempo com conteúdos descomplicados para todos os públicos. Clique aqui para abrir sua conta.

Centralização no bitcoin

"A intenção é desintermediar ao máximo possível. Os pools [redes de mineração] se tornaram terceiros confiáveis, cuja permissão solicitamos para ativar soft forks e decidir o que entra no blockchain, além de assumir a custódia de todas as moedas recém-geradas", argumenta um dos executivos por trás do Ocean.

Segundo ele, "ao oferecer transparência e um mecanismo para que os mineradores sejam pagos diretamente pelo próprio bitcoin, tornamos a rede radicalmente mais robusta". Um dos líderes da Mummolin, Luke Dashjr, também falou sobre o aporte.

"O papel dos pools de mineração deve mudar para que o bitcoin exista como uma moeda verdadeiramente descentralizada", argumentou, destacando que "o OCEAN é um novo tipo de pool que permite que os mineradores sejam verdadeiramente mineradores novamente".

"Estamos lançando o pool mais transparente e também o único pool sem custódia onde os mineradores são os destinatários de novas recompensas em bloco diretamente do bitcoine", prometeu Dashjr.

Já Dorsey disse que "o Ocean vai resolver um problema para os usuários do bitcoin que acho que todos nós sentimos – maior centralização dos pools de mineração, algo que poder atormentar o bitcoin e colocar em risco um monte de atributos do bitcoin que nos são importantes".

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Mastercard: 64% das empresas no Brasil são alvos de fraudes e ataques frequentemente
Future of Money

Mastercard: 64% das empresas no Brasil são alvos de fraudes e ataques frequentemente

Há 10 horas

Ethereum ultrapassa US$ 3 mil pela 1ª vez em quase 2 anos: o que isso significa?
Future of Money

Ethereum ultrapassa US$ 3 mil pela 1ª vez em quase 2 anos: o que isso significa?

Há 12 horas

Reino Unido anuncia nova lei para criptomoedas, com foco em staking e stablecoins
Future of Money

Reino Unido anuncia nova lei para criptomoedas, com foco em staking e stablecoins

Há 12 horas

Emojis conseguem revelar tendências de alta de criptomoedas, revela estudo
Future of Money

Emojis conseguem revelar tendências de alta de criptomoedas, revela estudo

Há 13 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais