Esporte

W14: conheça novo carro da Mercedes para a F1 em 2023; veja fotos

George Russell e o heptacampeão Lewis Hamilton - disputando sua 17ª temporada da carreira e a 11ª na mesma equipe, vão guiar o novo modelo

Mercedes: Toto Wolff segue na direção do time e Mike Elliot como chefe do corpo técnico (Mark Thompson/Getty Images)

Mercedes: Toto Wolff segue na direção do time e Mike Elliot como chefe do corpo técnico (Mark Thompson/Getty Images)

André Martins
André Martins

Repórter de Brasil e Economia

Publicado em 15 de fevereiro de 2023 às 12h44.

A Mercedes revelou neste quarta-feira, 15, o carro com que competirá na F1 em 2023. O modelo W14 surpreendeu pela volta da cor preta, que foi marca da equipe em 2020 e 2021 em manifestação antirracista pela morte de George Floyd. O prata foi a cor oficial da equipe desde a estreia na categoria em 1950.

George Russell e o heptacampeão Lewis Hamilton - disputando sua 17ª temporada da carreira e a 11ª na mesma equipe, vão guiar o novo modelo. Toto Wolff segue na direção do time e Mike Elliot como chefe do corpo técnico. A Mercedes busca retomar o topo, após encerrar uma série de oito títulos consecutivos de construtores com o terceiro lugar no ano passado. Russel foi o responsável pela única vitória da equipe, no GP do Brasil. 

(Mercedes)

"É bonito. Vai ser tão rápido quanto bonito? Espero que sim", comentou Wolff em um lançamento digital de Silverstone, onde os dois pilotos dariam ao W14 algumas voltas. "Vimos o carro agora e ficamos pensando se ele é rápido ou não. Resolvemos alguns dos problemas? Quais serão os desafios que encontraremos na pista?", acrescentou o austríaco. "Isso é uma grande incógnita. Mas estamos otimistas, há empolgação. Temos as ferramentas para entender, para crescer e desenvolver o carro e, com sorte, dar a George e Lewis algo que funcione", completou.

(Mercedes/Divulgação)

Além da sintonia com o esforço da equipe por maior diversidade, a remoção da tinta prata dá mais velocidade ao carro por reduzir o seu peso total. "Fica ótimo em preto", disse Hamilton. Com 38 anos e recordista de vitórias, o britânico inicia a 11ª temporada na equipe e disse que sempre acreditou que poderia melhorar.

Além da mudança estética, o novo modelo tem um asa dianteira mais baixa e um bico mais curto em relação ao modelo de 2022.

Acompanhe tudo sobre:Fórmula 1Mercedes-Benz

Mais de Esporte

Hugo Calderano conquista título do WTT Contender Rio

Seleção brasileira cai diante da Itália no Ginásio do Maracanãzinho

Jogos de hoje, domingo, 26; onde assistir ao vivo e horários

F1 2024: Leclerc vence pela primeira vez o GP de Mônaco

Mais na Exame