Acompanhe:

Casimiro alcança quase 60 milhões de pessoas nas transmissões do Campeonato Carioca

Decisão entre Vasco e Flamengo, no último domingo (19), registrou mais de quatro milhões de espectadores simultâneos no YouTube

Modo escuro

Continua após a publicidade
No último jogo, entre Vasco e Flamengo, válido pela semifinal do estadual, o canal bateu o recorde de pessoas simultâneas em transmissões de futebol naciona (Twitch/Reprodução)

No último jogo, entre Vasco e Flamengo, válido pela semifinal do estadual, o canal bateu o recorde de pessoas simultâneas em transmissões de futebol naciona (Twitch/Reprodução)

A Cazé TV alcançou quase 60 milhões de visualizações, somando YouTube e Twitch, nas 14 partidas transmitidas do Campeonato Carioca. No último jogo, entre Vasco e Flamengo, válido pela semifinal do estadual, o canal bateu o recorde de pessoas simultâneas em transmissões de futebol nacional no YouTube, ao registrar mais de quatro milhões de espectadores ao mesmo tempo.

O YouTube, inclusive, é a plataforma que Casimiro concentra a maior audiência. Só lá, são quase 56 milhões de visualizações, somado a todas as partidas. Já na Twitch, o número chega perto de 4 milhões, sem contar os quatro jogos que não aparecem no total de visualizações. Ou seja, o número de telespectadores nesta plataforma é ainda maior.

Até o momento, Vasco e Flamengo, clássico disputado no último domingo (19), é a partida de maior audiência nas duas plataformas. No Youtube foram mais de 15 milhões de visualizações, enquanto na Twitch bateu quase um milhão.

Segundo o levantamento do site Streams Charts, divulgado no último mês, a Cazé TV é o canal de streaming mais popular do mundo em 2023. Vale lembrar que, neste ano, o streamer também garantiu os direitos de transmissão de todos os jogos do Athletico-PR como mandante no Campeonato Brasileiro.

"O tempo já ensinou que não existe uma mídia acabar com a outra, ou tomar o lugar da outra, elas se somam. Não há dúvidas que o sucesso do Casimiro confirma que existe uma nova janela relevante, um novo formato de alto alcance, para distribuição de conteúdo esportivo e para investimento dos patrocinadores”, explica Bruno Maia, especialista em inovação e novas tecnologias do esporte e entretenimento, e sócio da Feel The Match, desenvolvedora de propriedades intelectuais para Web3 e Streaming.

Maia também afirma que o tempo de domínio de uma mídia sobre outra é cada vez mais curto. “As redes sociais, por maiores que tenham sido ou sejam, por exemplo, não chegaram a se confirmar como alternativas às tvs e já foram atropeladas pelas plataformas focadas em streaming. Acredito que a distribuição customizada do streaming tem, por característica nativa, ser nichada. Pode ser um nicho grande, mas ainda assim será para diversos nichos. A TV ficará com consumidores menos exigentes, mais generalistas, que seguirão sendo bastante expressivos em quantidade de pessoas".

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Os 5 melhores filmes e séries para maratonar no fim de semana; veja trailers
Casual

Os 5 melhores filmes e séries para maratonar no fim de semana; veja trailers

Há 10 horas

Nada de Google: geração Z faz buscas no TikTok e no YouTube
Tecnologia

Nada de Google: geração Z faz buscas no TikTok e no YouTube

Há um dia

Onde assistir 'Duna 2'? Filme chega ao streaming em abril; veja como ver online
Pop

Onde assistir 'Duna 2'? Filme chega ao streaming em abril; veja como ver online

Há 2 dias

Disney+ define data para proibir o compartilhamento de senhas no streaming
Tecnologia

Disney+ define data para proibir o compartilhamento de senhas no streaming

Há uma semana

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais