ESG

Exame prorroga inscrições para o Melhores do ESG 2024

Empresas poderão preencher os dois formulários até o dia 15 de abril. O mais importante guia ESG do Brasil teve metodologia reformulada e processo de inscrição facilitado

Melhores do ESG 2024: inscrições foram prorrogadas até o dia 15 de abril (Leandro Fonseca/Exame)

Melhores do ESG 2024: inscrições foram prorrogadas até o dia 15 de abril (Leandro Fonseca/Exame)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 27 de março de 2024 às 09h21.

As inscrições para o Melhores do ESG 2024 foram prorrogadas. As empresas interessadas podem preencher os formulários, agora, até o dia 15 de abril. Com metodologia desenvolvida pela EXAME, em parceria com o Ibmec, uma das mais conceituadas escolas de negócios do país, o mais importante guia ESG do Brasil destaca as empresas que mais contribuem para a evolução da sustentabilidade e para o desenvolvimento do capitalismo brasileiro.

O processo de inscrição foi simplificado, e resumido em dois questionários, um quantitativo e outro qualitativo. Para participar, a empresa deve preencher os dois formulários.

Para facilitar o preenchimento, a empresa interessada pode baixar um arquivo PDF com o questionário quantitativo (link abaixo). O questionário qualitativo traz questões específicas de cada setor. Para ter acesso, basta inserir um texto falso na plataforma e avançar. Após copiar as perguntas, não conclua o envio.

Estão elegíveis empresas que atuam no Brasil, sejam elas nacionais ou multinacionais, e que faturem um mínimo de 100 milhões de reais (as médias e pequenas empresas contam com um guia exclusivo, o Negócios em Expansão, cujas inscrições abrem em breve).

Acompanhe tudo sobre:Melhores do ESG

Mais de ESG

Mudanças climáticas obrigam moradores de ilha a migrarem para 'condomínio' no continente

A participação pública na discussão de projetos hidrelétricos

The Elders, grupo de anciões criado por Nelson Mandela, quer o Brasil na liderança climática global

94% das cidades brasileiras falham na prevenção a tragédias climáticas

Mais na Exame