ESG
Acompanhe:

Engie vai investir mais R$ 2,2 bilhões em energia eólica no Brasil

Dinheiro será utilizado para a compra de turbinas que possam viabilizar o complexo de geração de energia eólica no Rio Grande do Norte

Engie: empresa vai aumentar investimentos em energia limpa no Brasil (Charles Platiau/Reuters)

Engie: empresa vai aumentar investimentos em energia limpa no Brasil (Charles Platiau/Reuters)

R
Reuters

18 de janeiro de 2021, 13h11

A Engie Brasil Energia, do grupo francês Engie, informou nesta sexta-feira que fechou um contrato de compra de turbinas para viabilizar um complexo de geração de energia eólica no Rio Grande do Norte que exigirá investimentos de cerca de 2,2 bilhões de reais.

A companhia disse em comunicado que o acordo de fornecimento de aerogeradores foi assinado junto à Siemens Gamesa. A primeira fase do chamado projeto Santo Agostinho terá uma capacidade instalada de 434 megawatts.

"A entrada em operação comercial de Santo Agostinho está prevista para ocorrer até março de 2023 e a energia produzida será totalmente direcionada para contratação no Ambiente de Contratação Livre", afirmou.

https://open.spotify.com/episode/6OfV9pPFYDZw8J5Wypb3AT