Acompanhe:

Conheça as 10 startups selecionadas para a aceleração da BlackRocks

O programa de aceleração, realizado em parceria com o BTG Pactual, selecionou dez empresas lideradas por empreendedores negros

Modo escuro

Continua após a publicidade
Maite Lourenço, da BlackRocks: parceria com EXAME Academy e BTG para acelerar empreendedores negros (Germano Lüders/Exame)

Maite Lourenço, da BlackRocks: parceria com EXAME Academy e BTG para acelerar empreendedores negros (Germano Lüders/Exame)

C
Carolina Ingizza

Publicado em 26 de novembro de 2020 às, 14h30.

Última atualização em 7 de dezembro de 2020 às, 12h09.

BlackRocks Startups (BRS) divulgou as dez primeiras startups selecionadas para participar do seu programa de aceleração, o Grow Startup – Cresça seu negócio, feito em parceria com o banco BTG Pactual (do mesmo grupo controlador da EXAME).

O programa de aceleração foca no crescimento econômico e escalável dos negócios liderados por pelo menos uma pessoa negra e abrange empresas dos segmentos de fintech, machine learning, blockckain, analycs, big data, legaltech, healthtech, insurted, mercado imobiliário e inteligência artificial.

“Selecionamos segmentos que estão em alta e consequentemente geram mais oportunidades para as startups se tornarem fornecedoras de grandes empresas e entregar valor para à sociedade”, diz Maitê Lourenço, presidente do BlackRocks Startups.

O Grow Startup é gratuito e online. A intenção é colocar os participantes em contato com o ecossistema de startups no Brasil. O programa prepara o empreendedor e sua equipe para aprimorar o negócio, saber lidar com os desafios do mercado, além de agregar conhecimento por meio de mentorias, workshops e contato com possíveis clientes.

As empresas selecionadas para o Grow Startups têm acesso ao boostLAB, hub de negócios do BTG Pactual para as empresas de tecnologia, créditos de 5.000 dólares por dois anos em ferramentas e recursos da Amazon e ao programa de conexão das startups com grandes empresas. O objetivo é fortalecer a rede de contatos dos empreendedores e criar oportunidades de negócios e acesso aos fundos de investimentos.

O programa tem duração de 4 meses, com uma dedicação média de 15 horas semanais. Os empreendedores participarão de reuniões tanto em conjunto com as demais startups participantes do programa, quanto de forma individual – sempre online.

“Ficamos bastante satisfeitos com o número de inscrições e com a qualidade das startups escolhidas. Nossa expectativa é que este tipo de iniciativa motive cada vez mais empreendedores negros a lançarem novos projetos, com a certeza de que iremos apoiá-los em conjunto com a BlackRocks”, afirma Roberto Sallouti, presidente do BTG Pactual.

Confira as empresas selecionadas:

  • Double Dash Studios: plataforma de criação de jogos culturais
  • Edukarnegócios: edtech especializada em estratégia corporativa
  • FazerOrçamento.com: plataforma de elaboração de orçamentos para profissionais liberais
  • Goodchef: plataforma para pequenos empreendedores da área de alimentação 
  • GoPhone: solução de proteção para smartphones com serviços realizado em uma plataforma digital
  • OnePercent: desenvolvimento de projetos baseados em blockchain
  • Smart Dispenser: solução tecnológica em dispensers
  • Unicainstância: inteligência artificial responsável por predizer sobre ações judiciais de cobranças indevidas em contas de consumo
  • Viverde Casa: plataforma de capacitação e mediação de mão de obra para construção civil
  • Trampay: fintech de benefícios aos trabalhadores, ofertando descontos e produtos acessíveis

Últimas Notícias

Ver mais
A substituta: o que faz a Deco.cx, a startup carioca vencedora do Web Summit Rio 2024
seloNegócios

A substituta: o que faz a Deco.cx, a startup carioca vencedora do Web Summit Rio 2024

Há um dia

Banco do Brasil está entre maiores investidores institucionais do ETF de bitcoin da BlackRock
Future of Money

Banco do Brasil está entre maiores investidores institucionais do ETF de bitcoin da BlackRock

Há um dia

“Startups brasileiras sem ambição de serem globais, não têm chance de fazer IPO”, diz Domo.VC
seloNegócios

“Startups brasileiras sem ambição de serem globais, não têm chance de fazer IPO”, diz Domo.VC

Há um dia

Pacto Global da ONU - Rede Brasil convoca empresas em pesquisa para avanço da diversidade e inclusão
ESG

Pacto Global da ONU - Rede Brasil convoca empresas em pesquisa para avanço da diversidade e inclusão

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais