Um conteúdo Esfera Brasil

Politize! lança campanha para conter abstenção nas eleições

Objetivo é impactar 10 milhões de pessoas falando sobre a importância do voto e diminuir o índice de abstenção de 20,3% registrado em 2018
 (Divulgação/Divulgação)
(Divulgação/Divulgação)
E
Esfera BrasilPublicado em 10/09/2022 às 10:00.

Nas eleições gerais de 2018, quase 30 milhões de eleitores não compareceram às urnas, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O nível de abstenção atingiu 20,3%, o mais alto desde as eleições de 1998, quando 21,5% do eleitorado não votou.

Para tentar aumentar a participação da população no pleito deste ano, no próximo dia 2 de outubro, a Politize!, organização da sociedade civil que tem como missão formar uma geração de cidadãos conscientes e comprometidos com a democracia por meio da educação política, lança a campanha “Olhe. Vote. Mude”. Por meio de informações, educação e capacitação de eleitores, para que eles entendam a importância da participação nas eleições, a entidade pretende impactar 10 milhões de pessoas.

Para isso, os voluntários do Programa Embaixadores Politize! realizarão capacitações de seis dias nos períodos pré e pós eleições, além de irem às ruas para realizar ações de panfletagens, estimulando o voto capacitado, e de instalar barracas de conversa para incentivar o debate e diálogo saudável sobre eleições.

A organização também criou um Guia do Eleitor, com informações que vão desde o funcionamento das estruturas de governo, processos de construção do voto, até fake news e cidadania para além das eleições. E também desenvolveu, em parceria com o TSE e com o apoio do Twitter, um chatbot interativo que esclarecerá dúvidas da população sobre as eleições. O recurso estará disponível via Mensagem Direta (DM) do perfil da Politize! no Twitter.

A campanha também irá atuar presencialmente nos ambientes urbanos. Os voluntários do Programa Embaixadores Politize! irão desenvolver formações com duração de seis dias nos períodos pré e pós eleições, além de irem às ruas para realizar ações de panfletagens, estimulando o voto capacitado, e barracas de conversa para incentivar o debate e diálogo saudável sobre eleições. Ações de colagem de cartazes também serão desenvolvidas nas cinco regiões do país, durante os dois meses de campanha, buscando atrair públicos diferentes para compreenderem a importância das eleições

“Atualmente, o Brasil apresenta uma cultura pouco democrática, de baixa participação política e com fortes tendências à polarização por conta da desinformação. Acreditamos que só a educação é capaz de mudar este cenário”, diz Luiza Wosgrau Câmara, gestora do núcleo de Comunicação da Politize!.

Com cerca de 200 voluntários, em 21 estados e no Distrito Federal, 113 mil pessoas já participaram das oficinas da Politize! e mais de 60 mil estudantes foram impactados.