Esfera Brasil
Um conteúdo Esfera Brasil

Brasil recebe quase 3 milhões de turistas estrangeiros em 4 meses

Dados foram divulgados pela Embratur em parceria com o Ministério do Turismo e a Polícia Federal

Atraídos pelas belezas naturais, mais de um milhão de argentinos visitaram o Brasil. (Getty Images/Getty Images)

Atraídos pelas belezas naturais, mais de um milhão de argentinos visitaram o Brasil. (Getty Images/Getty Images)

Esfera Brasil
Esfera Brasil

Plataforma de conteúdo

Publicado em 21 de maio de 2024 às 08h00.

A hospitalidade brasileira está em alta mundo afora. Entre janeiro e abril, 2,9 milhões de turistas estrangeiros tiveram o País como destino, o que tem reforçado o otimismo entre os representantes do setor. O número é 7,4% acima da quantidade de visitantes internacionais que estiveram em território brasileiro durante o mesmo período do ano passado.

Com mais de 1 milhão de viajantes no período, a Argentina lidera o ranking dos países cujos cidadãos visitaram alguma cidade brasileira ao longo deste ano. Os dados foram divulgados pela Embratur, em parceria com o Ministério do Turismo e a Polícia Federal. Titular da pasta do Turismo, Celso Sabino comemorou os resultados e o fortalecimento do setor.

"O Brasil está sendo visto lá fora e tem atraído a atenção dos estrangeiros. Esses números refletem o trabalho desenvolvido pelo Ministério do Turismo e pela Embratur em mostrar ao mundo o que o nosso país tem a oferecer, com sua rica gastronomia, belezas naturais incomparáveis e seu povo acolhedor. Estamos preparados para receber cada vez mais turistas internacionais em solo brasileiro”, destacou Sabino.

“Tivemos um 2023 de recuperação a níveis de pré-pandemia de chegada de turistas e já batemos recorde de receita com o turismo. Em 2024, os números mostram uma curva de crescimento consolidada, devemos fechar este ano com resultados muito positivos”, avaliou o presidente da Embratur, Marcelo Freixo. “E essa entrada crescente de turistas significa mais investimento no Brasil, mais dinheiro girando na nossa economia. É o dinheiro pago na ponta, gerando emprego e renda em todo o País”, reforçou.

Copa do Mundo pode impulsionar setor

Na semana passada, o Brasil foi anunciado como país-sede da Copa do Mundo de Futebol Feminino em 2027. A expectativa do Ministério do Turismo, portanto, é que a realização do torneio também sirva de impulso para que o País receba cada vez mais turistas estrangeiros nos próximos anos. Será a primeira vez que a principal competição mundial de seleções do futebol feminino será disputada na América do Sul.

A proposta apresentada em congresso da Fifa realizado na Tailândia prevê o uso de dez estádios, com jogos em todas as regiões do País, o que pode favorecer a chegada de turistas para além do interesse em eventos esportivos. Além disso, todas as arenas já estão construídas e foram utilizadas quando o Brasil recebeu o torneio masculino, em 2014.

“Temos uma malha hoteleira preparada para receber com conforto todos os nossos turistas. O Ministério do Turismo apoiará na ampliação de leitos, capacitação dos profissionais, além, é claro, de recursos para melhorar os equipamentos turísticos que fazem parte dessa cadeia produtiva que gera emprego e renda para a nossa população”, pontuou o ministro Celso Sabino.

Acompanhe tudo sobre:TurismoEmbraturPolícia FederalMinistério do Turismo

Mais de Esfera Brasil

Segurança passa por investimentos em tecnologia e inteligência, diz Pierpaolo Bottini

Setor de saúde e medicamentos reforça pedido por exceções na reforma tributária

No litoral paulista, Fórum Esfera chega à terceira edição

Como a reforma tributária afeta o setor de saúde e medicamentos

Mais na Exame