Economia

Presidente do Eurogrupo diz que inflação está desacelerando rapidamente na zona do euro

Em coletiva, Paschal Donohoe ressaltou que instituição enfrenta queda nas cadeias de fornecimento

Sede do Banco Central Europeu (Ralph Orlowski/Reuters)

Sede do Banco Central Europeu (Ralph Orlowski/Reuters)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 11 de abril de 2024 às 17h11.

O presidente do Eurogrupo, Paschal Donohoe, afirmou que a inflação está desacelerando rapidamente na zona do euro, que foi o que ocorreu nos últimos meses.

Em coletiva de imprensa após encontro do organismo, o irlandês disse que os problemas nas cadeias de fornecimento estão diminuindo, e que e efeitos da política monetária restritiva do Banco Central Europeu (BCE) estão sendo transmitidos.

Na ocasião, o comissário europeu para Economia, Paolo Gentiloni, afirmou que os dirigentes seguem confiantes de que a inflação seguirá desacelerando. No entanto, ele reconheceu riscos de alta como tensões geopolíticas ou que leve um maior tempo para a transmissão da política monetária.

Levando em conta a divulgação do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) de março nos Estados Unidos na quarta-feira, que apontou uma aceleração acima do esperado, Gentiloni afirmou que o tema é algo que "seguimos observando de perto".

Por sua vez, o italiano ponderou se o cenário poderia se repetir na zona do euro. "Temos que lembrar que há diferenças no crescimento econômico entre as duas economias", afirmou.

Acompanhe tudo sobre:União EuropeiaInflaçãoBCE

Mais de Economia

Ativos do Sicoob crescem 25% e encerram 2023 em R$ 298,4 bilhões

BNDES anuncia crédito de R$ 500 mi a fornecedores de materiais e equipamentos para SUS

A prefeitos, Lula anuncia acordo em desoneração, dívida previdenciária e regras de precatórios

Aneel aprova reajuste médio de 7,32% nas tarifas da Cemig

Mais na Exame