Nordeste foi região que mais gerou empregos em novembro

Somente na Região Centro-Oeste foi registrado fechamento de vagas em novembro, de 13.141

Brasília - O Nordeste foi a região que mais gerou empregos com carteira assinada em novembro. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta sexta-feira, 20, pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o saldo líquido de geração de empregos no mês passado na região foi de 32.454 vagas.

Em segundo lugar, aparece a Região Sul, com 25.090 empregos. O Sudeste foi responsável pela criação de 3.008 postos; e o Norte, por 75.

Somente na Região Centro-Oeste foi registrado fechamento de vagas em novembro, de 13.141. Segundo o Ministério do Trabalho, o saldo no Centro-Oeste foi marcado por fatores sazonais ligados à Agricultura.

Por estados, os destaques positivos foram o Rio de Janeiro, que gerou 16.985 postos; Rio Grande do Sul, com 10.443; e Santa Catarina, com 9.638. Já os Estados que mais demitiram foram Minas Gerais, com 11.942; Goiás, com 8.397; Mato Grosso, com 5.204; e São Paulo, com 3.751.

Entre as nove Regiões Metropolitanas, o destaque positivo foi o Rio de Janeiro, com 13.579 vagas; São Paulo, com 9.604; e Fortaleza, com 7.583. Belo Horizonte foi a região que mais demitiu, com saldo líquido negativo de 6.628.

No interior, os destaques positivos foram Rio Grande do Sul, com 8.470 postos, e Paraná, com 3.692 postos. As demissões foram destaque no interior de São Paulo, com 13.355 demissões, e Minas Gerais, com 5.314.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.