Mercado ajusta projeções e vê inflação e crescimento mais altos em 2021

A expectativa para a alta do IPCA em 2021 subiu 0,03 ponto percentual, indo a 3,53%. Com a perspectiva de aumento da inflação, economistas projetam Selic a 3,50% no fim do ano
 (Cris Faga/Getty Images)
(Cris Faga/Getty Images)
D
Da Redação

Publicado em 01/02/2021 às 09:18.

Última atualização em 01/02/2021 às 14:09.

O mercado fez novos ajustes em suas expectativas econômicas e passou a ver inflação e crescimento ligeiramente mais altos neste ano, de acordo com a pesquisa Focus divulgada pelo Banco Central nesta segunda-feira.

Inflação em 2021

O levantamento semanal apontou que a expectativa para a alta do IPCA em 2021 subiu 0,03 ponto percentual, a 3,53%, enquanto para 2022 seguiu em 3,50%. Assim, em somente duas semanas, a previsão para o IPCA saltou 0,10 ponto percentual no acumulado.

Apesar das altas recentes, a projeção dos economistas para a inflação ainda está abaixo do centro da meta de 2021, de 3,75% — margem de tolerância de 1,5 ponto, de 2,25% a 5,25%.

Em 2020, o IPCA fechou em 4,52%, segundo divulgado neste mês pelo IBGE, acima do centro da meta. O índice inflacionário no ano passado foi puxado por preços de setores como alimentação e material de construção, com impulso do consumo e do auxílio emergencial, que balanceou o aumento do desemprego.

PIB

Para o Produto Interno Bruto (PIB), a estimativa de crescimento no boletim Focus desta semana melhorou em 0,01 ponto, a 3,50%, enquanto que para 2022 segue em 2,50%.

Selic

Para a taxa básica de juros, a Selic, os economistas não aumentaram novamente a projeção como haviam feito na semana passada. A previsão para a Selic em 2021 seguiu em 3,50% e em 5% para 2022.

Há duas semanas, a previsão era de 3,25% para este ano, ante os atuais 2%, mínima histórica da taxa de juros brasileira. Ao longo do fim do ano passado, a previsão do boletim Focus ficou estagnada na casa dos 3%, até ser elevada nas primeiras semanas deste ano em meio à perspectiva de alta na inflação por algum tempo.

Os mercados já trabalham com algum aumento na taxa Selic nas próximas reuniões do Comitê de Política Monetária do Banco Central deste ano. O Copom optou na primeira reunião do ano por manter a taxa de juros nos atuais 2%, mas retirou o chamado forward guidance, que garantia que não haveria novos aumentos da taxa em um futuro próximo.

Veja as projeções para a economia do boletim Focus desta segunda-feira, 1º de fevereiro

Projeção 2021 há quatro semanas Projeção  2021 Projeção 2022
Meta taxa Selic 3,00% 3,50% 5,00%
IPCA  3,32% 3,53% 3,50%
Crescimento do PIB 3,40% 3,50% 2,50%
Câmbio (em reais) 5,00 5,00 5,00
De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

 

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.