Economia

Inflação medida pelo IGP-10 sobe para 2,48% em abril

Índice é superior ao de março, de 1,18%. Com o resultado, o IGP-10 acumula taxas de inflação de 7,63% no ano e de 15,65% em 12 meses

IGP-10: A alta da taxa de março para abril foi puxada pelos três subíndices que compõem o IGP-10 (Marcello Casal jr/Agência Brasil)

IGP-10: A alta da taxa de março para abril foi puxada pelos três subíndices que compõem o IGP-10 (Marcello Casal jr/Agência Brasil)

AB

Agência Brasil

Publicado em 18 de abril de 2022 às 13h22.

O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10), calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV)registrou inflação de 2,48% em abril deste ano, taxa superior ao 1,18% do mês anterior. Com o resultado, o IGP-10 acumula taxas de inflação de 7,63% no ano e de 15,65% em 12 meses.

De acordo com a FGV, em abril do ano passado o índice registrava inflação de 1,58% no mês e acumulava taxa de 31,74% em 12 meses.

A alta da taxa de março para abril foi puxada pelos três subíndices que compõem o IGP-10. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que mede o atacado, subiu de 1,44% em março para 2,81% em abril.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede o varejosubiu de 0,47% para 1,67% no período. Já o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) passou de 0,34% para 1,17%.

LEIA TAMBÉM: 

Acompanhe tudo sobre:FGV - Fundação Getúlio VargasIGP-DIIGP-MInflação

Mais de Economia

Os bastidores do evento que reuniu lideranças em NY para debater os caminhos do Brasil

China promete manter fortalecimento da cooperação bilateral com o Irã, em reunião de ministros

Ativos do Sicoob crescem 25% e encerram 2023 em R$ 298,4 bilhões

BNDES anuncia crédito de R$ 500 mi a fornecedores de materiais e equipamentos para SUS

Mais na Exame