A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

Governo lança pacote de R$ 130 bi para retomar obras paradas

Além de obras de infraestrutura, programa inclui também ações na área de esportes, cultura, saúde, educação, entre outras

Brasília - Em busca de boas notícias depois de dois meses paralisados pelo empenho de derrotar mais uma denúncia criminal contra o presidente Michel Temer, o governo federal anunciará na quinta-feira um investimento de 130,97 bilhões de reais na retomada de obras e ações paralisadas em várias áreas, que vão desde ferrovias até quadras de esportes.

De acordo com uma fonte com conhecimento do assunto, o programa, chamado de Avançar, está dividido em três áreas. A maior delas se concentra em obras de infraestrutura, que incluem recuperação e retomada de ações em ferrovias, hidrovias, estradas, portos, e vão desde a conclusão de obras até simplesmente ações de sinalização.

Com 6.233 projetos e investimento de 42,15 bilhões de reais, esse é o maior grupo do projeto. Além de obras de infraestrutura, inclui também ações na área de esportes, cultura, saúde, educação, entre outras, disse a fonte. Do total deste segmento do programa, 24 bilhões de reais irão para infraestrutura e os outros 18 bilhões de reais serão divididos em ações nas áreas social e de Defesa.

O restante dos investimentos do programa será destinado a outras duas áreas.

O Avançar Cidades, com 29 bilhões de reais, terá 1.109 ações e irá contemplar obras de acessibilidade, mobilidade urbana, cidades históricas, transportes e habitação. Entre elas, a retomada de projetos parados do Programa Minha Casa, Minha Vida, vitrine do governo da ex-presidente Dilma Rousseff e que Temer chegou a retomar, mas estacionou por falta de recursos.

A terceira área, Avançar Energia, terá a maior fatia do orçamento, 59,91 bilhões de reais, em 97 obras.

"São todas obras que estavam paradas, seja por falta de orçamento, seja por problemas legais --construtoras que faliram, coisas do tipo", disse a fonte.

"São coisas que o governo começou e tem que terminar. Esse é um governo de transição. Tem que mostrar que pegou o que estava parado e pôs para funcionar."

O governo deve ainda investir em uma campanha publicitária para divulgar as ações, com o lema "Agora é Avançar".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também