Economia

Governo anuncia condições diferenciadas de financiamento para atingidos por tragédia no RS

Para os empresários de pequeno porte, o financiamento será por subvenção, e para aos maiores, será por Fundo Garantidor

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 8 de maio de 2024 às 15h58.

Última atualização em 8 de maio de 2024 às 16h04.

Tudo sobreEnchentes no RS
Saiba mais

O ministro da Casa Civil, Rui Costa, afirmou que o governo federal dará condições diferenciadas de financiamento de crédito aos produtores e empresários do Rio Grande do Sul que foram prejudicados com as chuvas que atingem o estado nas últimas semanas. Aos de pequeno porte, o financiamento será por subvenção; já aos maiores, será por Fundo Garantidor.

"No desastre passado, nós fizemos com subvenção para aqueles segmentos mais necessitados, microempresas e pequenas empresas e rurais foi dado com subvenção, e vamos manter esse parâmetro", disse Rui Costa, em coletiva de imprensa nesta quarta-feira, 8, no Palácio do Planalto. "Para os pequenos, pequeno rural, pequeno urbano, será dado com subvenção. Para os maiores, será usado modelo de fundo garantidor, porque a gente que com fundo garantidor a gente consegue taxas muito, muito menores do que consegue no mercado, até porque o fundo garantidor é para tirar o risco da operação", detalhou.

De acordo com o chefe da Casa Civil, será criada uma governança específica para se fazer tal diferenciação de financiamento.

Acompanhe tudo sobre:Rio Grande do SulGoverno LulaEnchentes no RS

Mais de Economia

Em 4 anos, rotas de integração vão ligar Brasil à Ásia, prevê Tebet

Anatel poderá retirar do ar sites de e-commerce por venda de celulares irregulares

Carteira assinada avança, e número de trabalhadores por conta própria com CNPJ recua

Em 2023, emprego foi recorde e número de trabalhadores com ensino superior chegou a 23,1%

Mais na Exame