Acompanhe:

Gás de cozinha ultrapassa recorde histórico de preço em 71 cidades brasileiras, aponta OSP

A agência verificou que o valor do botijão de gás em 456 municípios do Brasil, na semana de 12 a 18 de novembro, variou de R$ 114 a R$ 152

Modo escuro

Continua após a publicidade
A análise do Observatório mostra que seis das dez cidades com preços mais elevados estão na Região Norte (Pedro Ventura/Agência Brasilia/Divulgação)

A análise do Observatório mostra que seis das dez cidades com preços mais elevados estão na Região Norte (Pedro Ventura/Agência Brasilia/Divulgação)

Em 71 municípios brasileiros, o preço do gás de cozinha ultrapassou em novembro a maior média nacional semanal do século de R$ 113,66, registrada entre os dias 10 e 16 de abril de 2022. Na cidade de Tefé, no Amazonas, o botijão chegou a superar em quase 34% o recorde histórico, com o vasilhame de 13 quilos do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) sendo comercializado a R$ 152, o preço mais caro do País, informou o Observatório Social do Petróleo (OSP), com base no Levantamento de Preços de Combustíveis da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

A agência verificou que o valor do botijão de gás em 456 municípios do Brasil, na semana de 12 a 18 de novembro, variou de R$ 114 a R$ 152. Em 71 cidades os preços estão acima da marca da série histórica — que tem início em julho de 2001, quando o órgão regulador federal começa a divulgar os valores do gás de cozinha.

A análise do Observatório mostra que seis das dez cidades com preços mais elevados estão na Região Norte, que é abastecida parcialmente pela Ream (Refinaria da Amazônia). A unidade de refino, que completa em dezembro próximo um ano de privatização, tem sido a recordista nacional dos combustíveis mais caros, segundo o OSP.

Na lista geral dos 71 municípios acima do recorde do século aparecem três cidades do estado do Rio de Janeiro e três de São Paulo. No Rio, Macaé cobra R$ 123 pelo botijão e é o município com o preço mais caro do estado. Logo em seguida, estão Itaguaí (R$ 121) e Angra dos Reis (R$ 114,84). Em São Paulo, o maior custo do gás de cozinha foi constatado em Marília (R$ 114,44), seguido por Itapeva (R$ 114,16) e Guarujá (R$ 114,09).

Dez mais

A lista das dez cidades brasileiras com custo mais alto do gás de cozinha inclui três municípios no estado do Amazonas, três no Mato Grosso, dois em Rondônia, um em Roraima e um na Bahia. Tefé (AM) é a cidade com preço mais elevado do Brasil, seguida por Alta Floresta e Sinop, ambos municípios do Mato Grosso, onde o vasilhame é vendido a R$ 145 e R$ 138,63, respectivamente.

"A cidade de Tefé está localizada a apenas 180 km do Polo Urucu, a maior reserva terrestre de gás natural do País, e é o ápice da contradição que justo nessa região a população seja condenada a pagar os preços mais altos", disse em nota o secretário-geral da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP), Adaedson Costa.

Segundo ele, essa situação é fruto da privatização. "Por isso defendemos a urgência de a Petrobras voltar a ser uma empresa integrada de petróleo, como são todas as grandes petrolíferas mundiais, reestatizar refinarias, distribuidoras, gasodutos e campos de exploração", destacou.

O economista Eric Gil Dantas, do OSP e do Instituto Brasileiro de Estudos Políticos e Sociais (Ibeps), aponta dois fatores que explicam a concentração dos maiores preços no Norte do Brasil.

"O primeiro motivo é que a média ponderada dos preços praticados por produtores e importadores nessa região está 24% acima da média nacional, de acordo com dados da ANP. E grande parte dessa alta se deve à privatização da refinaria. O segundo fator é que a região tem a maior margem de distribuição e revenda, devido aos custos mais elevados de transporte/logística, sendo R$ 9 (18%) superior à média nacional", informou.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Produção total de petróleo e gás avança em relação a janeiro de 2023
Brasil

Produção total de petróleo e gás avança em relação a janeiro de 2023

Há 2 dias

Preço do etanol sobe em 14 Estados, afirma ANP
Economia

Preço do etanol sobe em 14 Estados, afirma ANP

Há uma semana

Deputados dos EUA retiram poder de Biden para congelar licenças de projetos de gás natural
Mundo

Deputados dos EUA retiram poder de Biden para congelar licenças de projetos de gás natural

Há 2 semanas

Engenharia Offshore fecha contrato de US$ 900 mi para projeto de campo petrolífero no Catar
Mundo

Engenharia Offshore fecha contrato de US$ 900 mi para projeto de campo petrolífero no Catar

Há um mês

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais