Acompanhe:

Energia solar bate recorde em 2021 e ultrapassa geração de usinas térmicas

Ao somar as capacidades instaladas das grandes usinas e da geração própria de energia solar, a fonte solar ocupa, agora, o quinto lugar na matriz elétrica brasileira, à frente das térmicas movidas a combustíveis

Modo escuro

Continua após a publicidade
Para o presidente da Absolar, Rodrigo Sauaia, o avanço da energia solar no país é fundamental para o desenvolvimento social, econômico e ambiental do Brasil (Amanda Perobelli/Reuters)

Para o presidente da Absolar, Rodrigo Sauaia, o avanço da energia solar no país é fundamental para o desenvolvimento social, econômico e ambiental do Brasil (Amanda Perobelli/Reuters)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 4 de janeiro de 2022 às, 16h52.

Última atualização em 7 de janeiro de 2022 às, 16h10.

O Brasil acaba de ultrapassar a marca histórica de 13 gigawatts (GW) de potência operacional da fonte solar fotovoltaica em sistemas de médio e pequeno portes instalados em telhados, fachadas e terrenos e em grandes usinas centralizadas, informou a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

De acordo com a entidade, desde 2012, a fonte solar já trouxe ao Brasil mais de 66,3 bilhões de reais em novos investimentos, 17,1 bilhões de reais em arrecadação aos cofres públicos e gerou mais de 390.000 empregos. Com isso, também evitou a emissão de 14,7 milhões de toneladas de CO2 na geração de eletricidade.

Para o presidente da Absolar, Rodrigo Sauaia, o avanço da energia solar no país é fundamental para o desenvolvimento social, econômico e ambiental do Brasil. A fonte ajuda a diversificar o suprimento de energia elétrica, reduzindo a pressão sobre os recursos hídricos e o risco de ainda mais aumentos na conta de luz da população com o uso de termelétricas.

A política vai seguir dando o tom na bolsa? Vai. E você pode aproveitar as melhores oportunidades. Saiba como!

"As usinas solares de grande porte geram eletricidade a preços até dez vezes menores do que as termelétricas fósseis emergenciais ou a energia elétrica importada de países vizinhos atualmente, duas das principais responsáveis pelo aumento tarifário sobre os consumidores", disse Sauaia.

O Brasil possui 4,6 GW de potência instalada em usinas solares de grande porte, o equivalente a 2,4% da matriz elétrica do país. Desde 2012, as grandes usinas solares já trouxeram ao Brasil mais de 23,9 bilhões de reais em novos investimentos e mais de 138.000 empregos acumulados, além de proporcionarem uma arrecadação de 6,5 bilhões de reais aos cofres públicos.

Atualmente, as usinas solares de grande porte são a sexta maior fonte de geração do Brasil, com empreendimentos em operação em nove estados brasileiros, nas regiões Nordeste (Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte), Sudeste (Minas Gerais e São Paulo) e Centro-Oeste (Tocantins).

No segmento de geração própria de energia, são 8,4 GW de potência instalada da fonte solar. Isso equivale a mais de 42,4 bilhões de reais em investimentos, 10,6 bilhões de reais em arrecadação e mais de 251.000 empregos acumulados desde 2012, espalhados pelas cinco regiões do Brasil. A tecnologia solar é utilizada atualmente em 99,9% de todas as conexões de geração própria no país, liderando com folga o segmento.

Ao somar as capacidades instaladas das grandes usinas e da geração própria de energia solar, a fonte solar ocupa, agora, o quinto lugar na matriz elétrica brasileira. A fonte solar já ultrapassou a potência instalada de termelétricas movidas a petróleo e outros fósseis, que representam 9,1 GW da matriz elétrica brasileira.

Últimas Notícias

Ver mais
Amaggi recebe primeira autorização para teste de biodiesel em embarcação fluvial
ESG

Amaggi recebe primeira autorização para teste de biodiesel em embarcação fluvial

Há um dia

Rota 2030: BNDES começa a receber projetos de descarbonização do setor automotivo
ESG

Rota 2030: BNDES começa a receber projetos de descarbonização do setor automotivo

Há um dia

Vendas de carros elétricos estacionam na Europa e têm futuro incerto
ESG

Vendas de carros elétricos estacionam na Europa e têm futuro incerto

Há 3 dias

MP que baixa preço de conta de luz é agenda de curto prazo, diz Aneel
Brasil

MP que baixa preço de conta de luz é agenda de curto prazo, diz Aneel

Há 3 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais