Consumo de gás natural cresce 4% em maio ante abril, diz Abegás

Levantamento estatístico da Abegás foi feito com concessionárias em 20 Estados, e reuniu dados dos segmentos: residencial, comercial e automotivo

São Paulo - O consumo de gás natural no País apresentou crescimento de 4% em maio, ante abril para 59,46 milhões de metros cúbicos/dia, informou nesta quinta-feira, 5, a Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás). Na comparação com maio de 2017 houve uma queda de 5,4%. Já no acumulado dos cinco meses do ano, a alta em 2018 é de 2,6%.

Os números fazem parte de levantamento estatístico da Abegás feito com concessionárias em 20 Estados, reunindo dados em diversos segmentos: residencial, comercial e automotivo, entre outros.

Segundo a associação, o destaque em maio foi o consumo do Gás Natural Veicular (GNV), com aumento de 1,6% na comparação com abril. "O GNV segue competitivo em todo o País. Com o desabastecimento de combustíveis líquidos causado durante a paralisação dos caminhoneiros, o consumo de GNV subiu", destaca em nota o presidente executivo da Abegás, Augusto Salomon.

A alta foi de 13,9% em relação a maio de 2017 e de 10,2% no acumulado do ano frente aos cinco meses iniciais de 2017. Houve ainda um aumento médio de 60 a 70% na procura pela conversão de veículos a GNV, que resultará em aumento do consumo nos próximos meses, destaca a Abegás.

"Incentivar o GNV é estratégico para o País. Por ser distribuído em tubulações, não depende do fornecimento por veículos. Além do mais, é menos poluente que os combustíveis líquidos, especialmente na comparação do diesel, o que faz dele uma alternativa para uso em veículos pesados, inclusive em transporte público municipal", defende o presidente executivo da Abegás.

O número de consumidores de gás natural já ultrapassa mais de 3,381 milhões de clientes, segundo a associação.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.